Celebridade  
Arquivo PESSOAL

O menino virou ator e hoje mora em um apartamento vizinho ao da mãe, apresentadora do Sem Censura

• • •

Leda e Duda Nagle

por diógenes campanha

Divulgação
Em 1987, Leda Nagle comemorava o aniversário de quatro anos do filho Duda com uma grande festa que reuniu 150 convidados, inclusive seus colegas da Globo, onde ela comandava o Jornal Hoje
Um misto de angústia e satisfação passa pela cabeça de Leda Nagle quando se depara com fotos como essa, na qual o filho Duda aparece em seu colo. “A angústia é porque o tempo é implacável e a gente vê que envelhece. Por outro lado, o filho está lindo e seguindo seu caminho”, diz a jornalista, referindo-se à carreira do ator, que acabou de interpretar o Radar, na novela América. A cena ao lado é de 1987 e foi registrada no aniversário de quatro anos do garoto. Quando ele era pequeno, Leda organizava grandes festas no playground do prédio onde ainda moram, com direito a atrações como mágico e teatro de bonecos. “Adorava organizar isso e acho que fazia mais para mim do que para ele”, conta Leda. Nessa festa de 1987, o tema foi o herói He-Man, um dos mais populares da época. A mãe coruja chegou a contratar um ator fantasiado como o personagem, mas o convidado ilustre não provocou a reação esperada: “O cara era enorme, o Duda ficou assustado e chorou a festa toda. Foi horrível”. Para desolação de Leda, o rapaz, hoje com 22 anos, não quer mais festas de aniversário, mas a orgulha com o sucesso que tem feito na televisão. Como todas as mães, a apresentadora do Sem Censura, da TVE, acha o filho o mais lindo do mundo. No entanto, ela se surpreendeu ao ter que dividir essa opinião com as fãs do ator. Certo dia, quando atravessava o estacionamento da emissora, que fica ao lado de um colégio, ouviu umas meninas gritando: “Olha lá a mãe do Radar!”. Achou estranho, porque a atriz Totia Meirelles, que fazia a mãe do personagem em América, já havia ido ao programa. De repente, a ficha caiu: “Mas a mãe do Radar sou eu!”. Uma situação nova até para quem já conta 30 anos de carreira na tevê, 13 deles à frente do Jornal Hoje,
da Globo.