Celebridade  
Wellington Cerqueira

Hoje, aos 50 anos, 15 deles longe da Rede Globo, ela volta à emissora na nova novela das sete, Bang Bang

• • •

Angelina Muniz

por luciana franca

Divulgação
Em 1978, Angelina Muniz, aos 23 anos, exibia sua beleza no filme As Borboletas Também Amam, quando ainda engatinhava na profissão de atriz.
Aos 23 anos e em um sumário biquíni, a beleza de Angelina Muniz impressionava nas cenas do filme As Borboletas Também Amam. O drama protagonizado por ela em 1978, em seu terceiro papel no cinema, marcou o início da escalada para a fama. “Era o começo de ascensão na carreira. Até então, fazia participações na tevê. Esse filme foi um salto”, conta Angelina, hoje aos 50 anos. “Gostei muito daquela época, mas não sinto saudade. Vivo intensamente todos os momentos.” A tevê não demorou em perceber que surgia uma nova musa da década de 1980. A garota do Rio foi morar em São Paulo para fazer a novela Pé-de-Vento, da Bandeirantes, depois de quatro anos de figuração. Antes mesmo da novela terminar, Angelina foi convocada para Plumas & Paetês, na Rede Globo. A atriz emendou um folhetim atrás do outro na maior emissora do País durante uma década. Depois, passou 15 anos longe da Globo e dividiu seu tempo entre o palco e novelas no SBT e na Record. Ela retorna à emissora carioca na pele de Violeta, em Bang Bang. “Voltar para a Globo é maravilhoso. Sou da geração em que os estúdios ficavam em um único corredor”, conta ela. “No Projac está tudo mudado. Se não for procurar as pessoas nos estúdios, não nos encontramos.” Apesar de elogiar a organização atual, não esconde certa nostalgia: “O ideal seria o relacionamento humano de antigamente com o profissionalismo de agora”.