Celebridade  

Em 1986, Naomi Campbell dava os primeiros passos como modelo e apareceu seminua no Calendário Pirelli do ano seguinte, numa foto ousada que ajudou a deslanchar sua carreira. A top inglesa voltou à publicação nas edições de 1995 (embaixo) e de 2005. Nesta última, declarou mais uma vez seu amor ao Brasil.

• • •

Naomi Campbell

por Diógenes Campanha

Divulgaçao

Ela tinha apenas 16 anos de idade quando posou para a foto ao lado. Modelo recém-descoberta na Inglaterra, Naomi Campbell foi uma das estrelas da edição de 1987 do tradicional Calendário Pirelli. Fiel à proposta de erotismo com classe que caracteriza a publicação, ela usou um ousado vestido que revelava seu corpo para as lentes de Terence Donovan. Naomi aparecia na folhinha referente ao mês de dezembro, fechando com muita sensualidade um trabalho que o fotógrafo queria que fosse marcado pela simplicidade. “Sentia que a obsessão por areia, sol e mar tinha sido saturada pelos calendários anteriores”, declarou Donovan. “Uma aproximação simples e clean me parecia mais apropriada.” Depois do calendário, a carreira de Naomi deslanchou. Quando voltou a posar para a publicação, em 1995, ela já fazia parte do time das supermodelos dos anos 90. Com Richard Avedon no comando dos cliques e totalmente à vontade, a top inglesa aparecia cercada de borboletas (à esq., abaixo). Era tanta naturalidade que, nos bastidores, ela conversava nua com o fotógrafo durante a edição do material. No ano passado, já com 34 anos, Naomi fez sua terceira aparição no calendário, clicado por Patrick Demarchelier. O cenário era o Rio de Janeiro, cidade que ela adotou como segunda casa. Mais velha das modelos que posaram para aquele Calendário Pirelli, Naomi fez questão de ciceronear as colegas estrangeiras que vieram ao País para o trabalho. Na ocasião, a estrangeira mais sexy do Brasil definiu o Rio como a metrópole que “reflete o espírito dinâmico e positivo do povo brasileiro”.