Diversão & arte - Televisão  

Leia também

Cinema Internet  Música
Exposição  Livros  Teatro
Foco / Tudo é possível
Eliana no mundo dos adultos

Dirceu Alves Jr.

Fotos: Divulgação
Apresentadora estréia nas tardes de domingo: “Quem estará no ar sou eu e não um personagem”

Em 12 de outubro passado, Eliana, 31 anos, disse adeus ao mundo das crianças para redesenhar seu perfil profissional. A partir do domingo 7, às 14h, o público poderá conferir o resultado desse processo de amadurecimento com a estréia de Tudo É Possível. No novo programa da Record, a apresentadora reúne a tarimba de 16 anos voltada ao público infantil para mostrar que pode integrar o time adulto da tevê.

Nem Oprah Winfrey e muito menos Márcia Goldsmidt. Em Tudo É Possível, Eliana está mais próxima de Hebe Camargo, Silvio Santos e até da irreverência de Chacrinha. “Esse programa é um primeiro passo no meu aprendizado profissional. Não se trata de uma virada, de uma transformação. Quem estará no ar sou eu e não um personagem”, diz ela.

Nos seis meses em que o formato de Tudo É Possível foi discutido, Eliana acompanhou o processo mais como ouvinte do que como idealizadora, e isso não a incomodou. “Sei que cada vírgula sugerida pela Record foi para o bem. Tenho humildade para reconhecer isso”, afirma a apresentadora. Tudo É Possível aposta em reality show, entrevistas e até um teste de fidelidade disfarçado. O quadro “Produção Independente” desafia estudantes de comunicação a levar ao ar um programa de tevê. “Avós do Brasil” mostra a superação de idosos que não aposentaram a vitalidade, enquanto “Saindo com a Sogra” exibe um curioso “namoro na tevê” em que o candidato escolhe a pretendente a partir de uma conversa com a mãe das garotas.

A “pimenta”, como Eliana define, é o quadro “Prova de Amor”, em que um casal enfrenta uma sabatina sobre a relação e, a cada resposta errada, um deles é obrigado a assistir ao parceiro sendo provocado por uma pessoa do sexo oposto. “Não é pegadinha. Construí uma imagem muito positiva e não me arriscaria”, afirma Eliana.