Celebridade  
Arquivo Pessoal

Antes de construir uma carreira de sucesso como modelo, Mariana Weickert já fazia pose na foto ao lado, tirada em 1985

• • •

Mariana Weickert

por Diógenes Campanha

Piti Reali
Hoje, aos 23 anos, ela expõe sua beleza e alto-astral no talk-show Saca-Rolha, com Lobão e Marcelo Tas, na Rede 21
Em 1985, Mariana Weickert ainda não sonhava se tornar estrela das passarelas, mas já fazia pose nesta foto tirada perto da piscina do prédio onde morava, em Blumenau, Santa Catarina. “Neste dia, estava acontecendo uma festinha. Sou ‘festeirinha’ desde criança”, diz a modelo, que hoje, aos 23 anos, é uma baladeira assumida. Ela também era agitada na hora de brincar. “Eu era bem espoletinha, um menino em forma de menina. Estava sempre sem camiseta, correndo.” Mas as brincadeiras femininas tinham espaço garantido na vida de Mariana, que sempre pegava uma de suas bonecas para fazer de “filhinha”. Ela também costumava invadir o quarto da mãe e se apropriar do estojo de maquiagem. “Adorava borrar toda a minha cara de batom”, conta. A menina que brincava com a vaidade só se tornou modelo profissional aos 14 anos, mas desde os cinco desfilava nas passarelas de Blumenau, em chás beneficentes. “Todas as mulheres da cidade iam para ver os filhos, era engraçado”, lembra Mariana, que depois de se decidir pela carreira na moda correu o mundo e passou cinco anos morando em Nova York. De volta ao Brasil, ela põe seu estilo despojado à prova em um novo desafio: o comando, ao lado de Marcelo Tas e Lobão, do talk-show Saca-Rolha, na Rede 21. “Estou amando fazer o programa, foi um casamento que deu certo”, conta ela, sem se intimidar em dividir a bancada com dois nomes tão mais experientes.