6 de março de 2000
Home
Outras Edições
Outras Edições
Diversão e Arte
Home
Assine
Assine
Semana
Assine
Assine
Assine
Fale Conosco
Assine
Busca
 



Foto: Kiko Cabrai

O amigo de Letícia Spiller

Os boatos são muitos desde que ela se separou do marido, Marcelo Novaes. Mas na terça-feira 22, a atriz Letícia Spiller deu mesmo motivos para que a platéia do restaurante Copérnico, no Rio, desconfiasse. Uma das convidadas do ciclo de poesias do grupo Ver o Verso, que se realizava no local, a atriz cochichou o tempo todo no ouvido do ator Paulo Vespúcio. E dizia aos curiosos: “Somos amigos”. Tantos carinhos, beijinhos e olhinhos brilhantes trocados durante os intervalos do recital, com poesias do autor persa Rumi, do século XIII, deixaram sérias dúvidas no ar.

Thiago, Szafir e Celulari, os mestres do batuque

 


Enquanto se preparam para arrancar suspiros e aplausos do público nos desfiles de Carnaval, na Marquês de Sapucaí, no Rio, os atores-galãs Edson Celulari, Luciano Szafir e Thiago Lacerda têm surpreendido nos ensaios das escolas de samba. Além de demonstrarem um pouco do gingado, os três sempre se empolgam quando estão diante da bateria. E, na maior ousadia, fazem questão de aprender ali mesmo como tocar algum instrumento. Na segunda-feira 21, por exemplo, Edson Celulari deixou os estúdios do Projac, onde grava a novela Vila Madalena, e correu para a quadra da escola de samba Beija-Flor, em Nilópolis, para treinar suas batidas. Ele irá desfilar na bateria da escola tocando repinique ou tamborim e não quer fazer feio. “Vou conduzir a Claudia”, brincou Edson. Sua mulher, a atriz Claudia Raia, sairá numa ala da mesma escola, logo depois da bateria. Desfilando pela primeira vez como ritmista da Beija-Flor, o ator está tendo aulas com mestre Paulinho. Se Edson está empolgado, imagine a euforia de Thiago Lacerda e Luciano Szafir, que desfilarão pela primeira vez no Sambódromo. Ambos sairão na Grande Rio. No sábado 26, os dois se divertiram durante o último ensaio na quadra da escola. E, para variar, correram para a bateria, prontos para tentar manusear algum instrumento. Thiago Lacerda arriscou-se na caixa de guerra. Já Luciano Szafir tentou evoluir no chocalho. “Aqui, o que vale é o improviso e a animação”, disse Thiago. Enquanto o Matteo de Terra Nostra sairá apenas com uma camisa da diretoria da Grande Rio, o apresentador do Você Decide representará o Sol no carro abre-alas. Ele virá ao lado da apresentadora Angélica, que estará fantasiada de Lua.

Foto: Isabela Kasson

Vera Gimenez à la Madonna

A brincadeira partiu do amigo, o ator Luis Salem. Fãs de feijoada, Salem e Vera Gimenez foram ao grito de Carnaval da grife de roupas Guess, no sábado 26, na boate W, no Rio. Enquanto Vera devorou dois fartos pratos de comida, Salem dançou na pista com convidados ao som da DJ inglesa Angel e da bateria da Grande Rio. Na saída, os enfeites de mesa do lugar viraram um protótipo de sutiã ao estilo “Like a Virgin”, de Madonna. Tudo não passou de uma brincadeira entre o casal de amigos.

Dona Filomena no Gueri-Gueri


 

Foto: Rogério Albuquerque

A folia do Gueri-Gueri, bloco carnavalesco que percorre há 15 anos as ruas do bairro paulistano dos Jardins, foi marcada mais uma vez por uma musa nonagenária. Filomena Matarazzo Suplicy, 91 anos, desfilou no último sábado 26 o percurso inteiro em cima do carro de som, acenando aos mais de 20 mil foliões. “Adorei, são todos muito simpáticos”, diz a matriarca, que é mãe de um dos organizadores da folia, Roberto Suplicy, e do senador Eduardo Suplicy. Paulistana tradicionalíssima, dona Filomena costumava desfilar na avenida Paulista nas décadas de 20 e 30. E garante: “Enquanto eu estiver bem, vou ao Gueri-Gueri”. Pelo jeito, promete ser a estrela de muitos carnavais.

Fabiana troca a Espanha pela passarela paulista


 

Foto: Alexandre Tokitaka

Saindo pela primeira vez em uma escola de samba, a atriz Fabiana Alvarez, 22 anos, que acaba de recusar um convite da Rede Globo e vai renovar seu contrato com a Record, desistiu de passar o Carnaval na Espanha. Quem a convenceu a ficar foram os carnavalescos da escola de samba paulistana Rosas de Ouro. Destaque do carro alegórico Brasil Rumo ao Futuro, Fabiana garante que tem samba no pé. “As aulas de sapateado e jazz que faço há anos colaboraram”, explica. Por ser novata no assunto, Fabiana recusou o convite para sair também na Gaviões da Fiel. “Não sei se agüentaria desfilar duas vezes”, explica. Na sexta-feira 25, a atriz mostrou com exclusividade a Gente a fantasia que usará na sua estréia no Sambódromo, no sábado 4. “É sensual, mas bem comportada”, define.

Madrinha das drags


 

Foto: Carol Feichas

Esquentando a maquiagem para o Carnaval, a socialite Vera Loyola, que desfilará no carro principal da Mangueira, deu um show na Banda Carmem Miranda, no sábado 26. Madrinha da banda, Vera foi homenageada pelas drag queens que animavam o bloco. “Vera é nossa eterna madrinha”, disse Isabelita dos Patins, que garante ter sido esse seu último ano na banda. Vera agradeceu: “O desfile foi arrasador, as drags estavam assumidas, mas sem exagero”. Quem entrou no espírito do bloco foi a cantora Eliana Pitman, que, ao lado de Baby do Brasil, mandava beijinhos para as “meninas” de cima do carro de som.


Os penteados de Carlinhos Beauty




Foto: Roberto Jayme

Animadíssimo com a fantasia de 3 mil plumas que vai ostentar num dos carros alegóricos da escola de samba Viradouro, o cabeleireiro baseado em Brasília Carlinhos Beauty, 37 anos, aproveitou sua empolgação carnavalesca para fazer um ensaio geral no cabelo de duas amigas: a socialite Moema Leão, 53, sogra de Nelson Piquet, e a emergente Wilma Magalhães, 37 – que já desfilou na Mocidade Independente e será destaque no segundo carro da Viradouro. “Minha única exigência é que a fantasia tenha muito dourado, porque eu amo ouro”, diz. Já Moema, que é Beija-Flor até debaixo d’água, preferiu este ano trocar os embalos da Marquês de Sapucaí pelo descanso de um spa perto de Brasília.


A monarquia batuca e cai



Foto: APi

A realeza tem vivido dias de barulho e altos e baixos. Na terça-feira 22, o príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, tentou provar que é bom de ginga ao batucar o tambor da banda dos Renegados, em Port of Spain, capital de Trinidad e Tobago. Dois dias depois, e mais acima no mapa-múndi, o presidente Bill Clinton, ao lado de sua esposa Hillary, candidata ao senado americano pelo Estado de Nova York, recepcionaram o casal real espanhol durante uma visita oficial aos EUA. Ao subir alguns degraus da Casa Branca quando se dirigiam a um jantar de gala, a rainha Sofia tropeçou e caiu aos pés de Clinton, observada serenamente pela primeira-dama americana, que disfarçou um meio sorriso. O rei Juan Carlos bem que tentou segurá-la, mas não teve sucesso.

 

Foto: Kiko Cabrali

Ronaldinho troca a bola pelo véu e cai na dança

Nem Ronaldinho escapou. Instalado na Granja Comary, em Teresópolis, Rio, para dar continuidade ao tratamento de recuperação do joelho, o craque da Internazionale de Milão foi surpreendido com a visita de Joana Prado, na sexta-feira 25. A Feiticeira invadiu a concentração da seleção e gravou uma entrevista com o futuro papai para o programa O+, da Rede Bandeirantes. Depois de arriscar alguns chutes, Joana fez o craque requebrar de véu e tudo. “Joguei bola, agora você tem que dançar”, brincou ela, que, no final, o presenteou com um véu autografado.


Uma declaração bem original

Marcos Frota fez uma declaração de amor ao Rio, bem ao seu estilo. No domingo 27, ao lado de um grupo de alpinistas, o ator instalou um grande coração nos andaimes do Cristo Redentor, que está sendo restaurado. O evento, que faz parte do Projeto Cristo Redentor de Braços Abertos, o deixou emocionado. “Se todos pudessem ver como esta cidade é linda, a violência seria menor”, acredita. Frota está preparando outra surpresa para o Dia Mundial do Circo, no final de março. “Será no Aterro do Flamengo ou na Lagoa Rodrigo de Freitas”, diz, misterioso.

 

BoletimAssineFale ConoscoOutras ediçõesHomeBoletimAssineFale conoscoOutras ediçõesHome