6 de março de 2000
Home
Outras Edições
Outras Edições
Diversão e Arte
Home
Assine
Assine
Semana
Assine
Assine
Assine
Fale Conosco
Assine
Busca
 


Leia também:

Televisão
Fique de olho no Carnaval
SBT: fôlego para entrar na guerra
Carnaval 2000
Mais esportes no cabo
Ultraman Tiga

No Ibope
Fique de olho


Cinema

O Pequeno Stuart Little
Regras da Vida
Quero Ser John Malkovich
À Espera de um Milagre

Bilheteria

Música

Balanço árabe
O Jubileu de Ouro
Jaques Morelenbaum
Standing On The Shoulder Of Giants

Hits

Livros

Trilogia Suja de Havana
Lair Ribeiro
Cartas do Coração

Best sellers

Internet

Noite ao vivo
Família Real


Exposições

Bardi 100 Anos

 


Foco

SBT: fôlego para entrar na guerra

Neuza Sanches

Agora ele tem munição. Pela primeira vez Silvio Santos, dono do SBT, vai entrar para valer na briga pela audiência contra a Rede Globo. Desde que montou a emissora, há 23 anos, o empresário e apresentador se contentava em ser o vice da liderança. Na semana passada, ele mudou de estilo e anunciou que vai desembolsar em cinco anos US$ 200 milhões em uma parceria inédita na televisão brasileira. A emissora fechou contrato de exclusividade de exibição para todos os filmes da Warner, desenhos da Disney e novelas da Televisa.

O telespectador desavisado vai estranhar ao ver no SBT filmes como O Sexto Sentido, com Bruce Willis, ou Advogado do Diabo, com Al Pacino e Keanu Reeves, em vez de produções modorrentas, no estilo Bruce Lee. Outra frente de destaque é a produção de novelas. Silvio bem que tentou enfrentar a concorrente. Criou sua própria teledramaturgia e mergulhou num mar de problemas. Contratou autores brasileiros que mudaram de idéia e abandonaram seus projetos na emissora e montou, em vão, uma cidade cenográfica. O retorno de audiência e patrocinadores não veio a galope. Foi aí que o SBT descobriu que o país das novelas adora o dramalhão dos gringos.

Privilégio de Amar, por exemplo, alcança 17 pontos do Ibope. Assim, os folhetins mexicanos continuarão na emissora. A diferença é que terão nova roupagem: serão interpretados por atores brasileiros. Silvio não parou por aí. A gigante Disney, maior produtora de animação do mundo, vai fornecer desenhos e melhorar a programação infantil do SBT. O telespectador agradece.

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home