Reportagens  
Capa - As 10 modelos mais bem pagas do Brasil
7º - Fernanda Motta
texto: rodrigo cardoso
foto: wellington cerqueira
 Deixe aqui o seu comentário
 Envie esta matéria para um amigo
“Em um ano e meio em Nova York, fiz minha vida financeira’’
A lista é grande: Fernanda Motta é uma das 25 modelos mais sexy do mundo do site models.com, bússola das agências para saber quem está em alta. Fotografou para o livro Sexy, que comemorou 10 anos da Victoria’s Secret, para a qual ela posa para catálogos. Esteve em duas edições da badalada revista Sports Illustrated em menos de dois anos. Foi garota do tempo do canal Fox e recebe uma dezena de cartas de fãs por semana.

Filha de funcionários públicos, formada em técnica de edificações, Fernanda nasceu em Campos (RJ), e poucos a conhecem fora do mundo da moda. “Fernanda é um trator para ganhar dinheiro”, diz o booker de uma agência de modelos. “Faço fotos sexy, muito biquíni. Trabalho muito mais com o corpo. E, quanto maior exposição, mais dinheiro”, conta ela.

Fernanda começou com 17 anos. Viveu em Paris, Milão, Espanha, Alemanha e Chile e andava com dinheiro contado. “No ônibus, pensava se iria ganhar dinheiro, preocupada com o futuro”, conta. “Aí, mudei para Nova York. De cara fotografei com o Richard Avedon (ícone da fotografia de moda, já falecido) e, em um ano e meio, fiz minha
vida financeira.”

Hoje, ela tem um bom contrato com a marca de xampu Pantene e recebeu US$ 300 mil em seis meses da Palmolive. Sua diária de fotos para um catálogo – ela posa para lojas alemãs, inglesas e norte-americanas – custa US$ 15 mil. “Nunca achei que chegasse onde cheguei. Estou muito feliz.”

 Fernanda Motta

Idade:
25 anos

Faturamento nos últimos 12 meses:
US$ 1,5 milhões

Tempo de carreira:
8 anos

Como gasta seu dinheiro:
imóveis nos EUA e no Brasil