Diversão & arte - Internet  

Leia também

Exposição Livros  Teatro
 Gastronomia  Música  Televisão
Foco - Site
Soninha incorpora a rede na rotina

Fábio Farah

Soninha adotou um cachorro via web: “minha filha queria um cachorrinho, vimos a foto dele em um fotolog, mandamos e-mail e fomos visitá-lo. Gamamos”
Enquanto falava a Gente, a jornalista e vereadora Soninha Francine (PT-SP) contabilizava em sua caixa de mensagens 102 páginas de e-mail, totalizando 1.530 mensagens. Cerca de 200 delas ainda nem tinham sido lidas. Criado em 2004, o site www.soninha.com.br é atualizado, no mínimo, três vezes por semana com a ajuda de três assistentes. Pessoalmente, Soninha, 37, abastece a seção “Últimas”, na qual opina sobre o que rola na política e na sociedade, desde projetos de lei e notícias que lê até coisas que observa nas ruas de São Paulo.

A página também é o principal meio de comunicação de Soninha com eleitores e amigos distantes. “Há sete anos, embarquei na idéia de que a rede isolava as pessoas. É o contrário”, diz ela, que tem cinco endereços de e-mail e recebe, em média, 400 mensagens por dia, 60% de eleitores, 20% de pessoas que querem sua opinião sobre determinado assunto e o restante de amigos ou colegas. “É a versão moderna da tradição epistolar. No e-mail, falamos de coisas que não conseguimos pessoalmente”, diz Soninha, que passa três horas diárias, das 23h à 1h, organizando a correspondência eletrônica.

Se nos primórdios da era da internet, Soninha era avessa à tecnologia, hoje virou adepta convicta. Na semana passada, chegou a adotar um cachorro, o Dub, via web. “Minha filha mais nova, a Júlia, queria um cachorrinho, vimos a foto dele em um fotolog, mandamos e-mail e fomos visitá-lo. Gamamos. Dub tinha sido pego debaixo de uma ponte”, conta Soninha, que também marca presença no Orkut (orkut.com). Na rede de relacionamentos, ela mantém duas páginas, tem mais de mil amigos e integra 23 comunidades, em que manifesta preferências políticas (“Serra é Careta”) e televisivas (“The Simpsons), além de hábitos de consumo (“Roupas + Baratas”).

Seus sites mais visitados:
www.google.com
www.nominimo.com.br
www.cidadania.org
www.ig.com.br
www.uol.com.br
www.terra.com.br

Antes de conferir o início da história do herói-morcego no cinema, em Batman Begins, os aficionados já varriam os sites de comércio eletrônico em busca de artigos sobre o herói. Uma boa dica para os fãs inveterados é o site Mercado Livre, com mais de 470 ofertas de itens, desde miniaturas do batmóvel, com preços que variam de R$ 10 a R$ 775, até gibis raros da década de 50, 60 e 70, que custam de R$ 3 a R$ 300. Todos os produtos anunciados e negociados no site são postados por usuários cadastrados, que atualmente somam cerca de 7 milhões: 4 milhões no Brasil e 3 milhões espalhados por 8 países da América Latina.

US$ 700 mil
Foi o download, em uma semana, das cinco primeiras sinfonias de Beethoven disponibilizadas pela inglesa Rádio 3.
Fonte: BBC