A corte
 
por Cecília Maia
Fotos: divulgação
Antes: Ideli Salvati em 2003,
ainda sem os efeitos da cirurgia
de estômago
.: A transformação da senadora apaixonada

Todos já perceberam. De um mês para cá a combativa senadora petista, Ideli Salvati, anda com um ar diferente. Mais risonha, menos criadora de caso e mais bem-humorada até mesmo com as constantes brincadeiras dos senadores José Jorge (PFL-PE) e Heráclito Fortes (PFL-PI), que adoram provocá-la. “Ela engole corda”, diz José Jorge rindo. O que eles não sabem é que toda essa mudança tem um motivo:

Fotos: divulgação
Depois: Em abril de 2005,
a nova foto no painel
do Senado

“Estou apaixonada sim!”, confessa ela sem temores. O felizardo é um corretor de seguros de Florianópolis, em Santa Catarina, sua cidade natal. Ela não revela o nome, mas é com ele que tem estado todos os fins de semana quando volta para casa. E mais. Foi por causa desse amor que a senadora provocou uma verdadeira revolução em seu próprio visual. Fez clareamento nos dentes, luzes no cabelo, e, aos poucos, tem renovado o guarda-roupa. A cada dois meses compra novos terninhos e, com ajuda das assessoras na hora da escolha, vem aumentado sua coleção de bijuterias e jóias. Recentemente Ideli passou pela galeria das mulheres senadoras e levou um susto ao ver sua foto no painel, feita há quase 3 anos, quando chegou ao Senado. “De lá para cá eu emagreci 40 quilos, fiz um sacrifício danado, e estava feia naquela galeria!!!”, reclamou, referindo-se à operação de redução no estômago que fez no final de 2003. Não teve dúvidas. Chamou um fotógrafo e mandou trocar a foto. “Agora sim, gostei”, disse feliz diante de sua nova imagem.

Felipe Barra
Marly Sarney reservou pipocas para
a sessão
.: Estréia de O Bicho Dá, o Bicho Toma na Academia de Tênis

A jornalista Beatriz Thielmann estreou seu primeiro documentário em Brasília na quarta-feira, 18, na Academia de Tênis. O Bicho Dá, o Bicho Toma, que fala da preservação ambiental, reuniu preservacionistas e ongueiros que lutam contra o tráfico de animais silvestres. A ex-primeira dama Marly Sarney comprou até pipoca para apreciar a película ao lado da nora Camila Serra. Ambas são grandes defensoras da natureza e dão total apoio ao filho e marido, o deputado Zequinha Sarney, um dos maiores reprentantes dessas ONGs no Congresso Nacional e ex-ministro do Meio Ambiente. Daqui a dois meses o filme entra em circuito comercial em todo o País.

Mais fotos

1 | 2

Esplanada
Geraldo Magela/ Ag. Senado
Renan está rindo À toa
» O presidente do Senado, Renan Calheiros, está contando os dias até o início de junho. O data ainda não foi marcada, mas na primeira semana do mês ele vai receber a visita das atrizes Débora Secco e Juliana Paes e da novelista Glória Peres. Elas virão para dar apoio ao projeto que propõe um referendo popular com vistas à proibição da venda de armas no País. O projeto emperrou na Câmara dos Deputados por pressão da chamada bancada da bala. A notícia deixou Calheiros feliz por dois motivos: o projeto é de sua autoria e ele já declarou ser fã das beldades globais.

Goianos em Chantilly
» O artista plástico Siron Franco, o designer de móveis Maurício Azeredo e o fotógrafo Renê Faquini vão representar os goianos no ano do Brasil na França. Abrem uma exposição em 13 de junho na Embaixada do Brasil. Mas a grande atração vão ser os 25 cavaleiros do grupo das Cavalhadas de Pirenópolis que se apresenta dia 12 no Castelo de Chantilly, o mesmo que foi palco da festa do já desmanchado casamento de Ronaldo e Daniella Cicarelli. A apresentação será durante a premiação do torneio de turfe Diane-Hermès. As roupas feitas em tecido de chita vão contrastar com as cartolas, fraques e chapéus, trajes exigidos para a ocasião. Mas os cavalos serão franceses.

Apoio de Caetano
» A dedicatória que Caetano Veloso escreveu no presente de aniversário de 51 anos (uma caixa com todos os seus CDs) que sua ex-mulher Paula Lavigne entregou ao senador Aloizio Mercadante foi quase uma declaração de apoio à sua tão aspirada candidatura ao governo de São Paulo. “Mercadante, parabéns! Felicidades e grandes esperanças. Caetano”. Um presentão.

A volta de Miriam Dutra
» Miriam Dutra, a repórter da TV Globo que há mais de dez anos é correspondente da emissora na Espanha, andou semana passada pelo Rio e por Brasília. Veio avisar aos chefes que está disposta a voltar para o Brasil.