21 de fevereiro de 2000
Home
Outras Edições
Diversão e Arte
Home
Assine
Assine
Semana
Assine
Assine
Assine
Fale Conosco
Assine
Busca
 


Você conhece seus ídolos? Então, descubra de quem estamos falando. Respostas no final da coluna.

1. Ai, gente, magoei. Faço beicinho. Ninguém pode me chamar de nada menos que o maior fenômeno da comédia nacional nos últimos 20 anos, tá legal? Comecei a fazer imitações quando ainda era garoto, nos circos da periferia de Fortaleza, onde nasci. Cheguei a estudar para ser radialista, mas meu negócio era mesmo debochar dos outros. Essa habilidade me tornou famoso ao interpretar o zelador de um prédio do Largo do Arouche, em São Paulo.

2. Meus olhos verdes amendoados, o ar de diva dos anos 60, o sangue italiano, tudo me favoreceu para magnetizar a atenção de quem assiste tevê à noite no Brasil. E não é só ficção, não, tenho dotes culinários que orgulhariam minha "nona". Lá em casa, todo domingo tem macarronada. Sou modelo desde os 14 anos, apresentei o Ilha do Biquíni na MTV, fiz faculdade de Terapia Ocupacional, morei sozinha em Paris e Nova York e fui top model da agência Elite.

3. Nasci na vila de Nine Mile, na Jamaica, para espalhar pelo mundo a música da libertação dos filhos de Jah. Minha profecia começou a se cumprir quando Ras Tafari Makonnen foi coroado imperador Hailé Selassié da Etiópia. Tornei-me um seguidor da religião inspirada nele e voltei-me para a música após ter um olho queimado por faíscas na funilaria em que trabalhava. Fui baleado horas antes de fazer o maior concerto pela paz na Jamaica, em 1976, mas só fui abatido cinco anos depois, por um câncer.

 

 

Respostas:
1. Tom Cavalcante, humorista
2. Maria Fernanda Cândido, modelo e atriz
3. Bob Marley, cantor jamaicano

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home