Diversão & arte - Teatro  

Leia também

Cinema
Exposição
Gastronomia
Internet
Livros
Música
Televisão

Enviar para um amigo

• • •

Perfil - Bárbara Paz
A vitória na verdadeira casa dos artistas

Marina Monzillo

Claudio Gatti
Bárbara está nas peças Os Sete Gatinhos e
A Importância de Ser Fiel
Três anos depois de conquistar a popularidade em Casa dos Artistas, Bárbara Paz prova que a vitória no pioneiro dos reality shows brasileiros não passa de um detalhe em seu currículo. A atriz faz um exercício de versatilidade com duas personagens totalmente opostas nas peças Os Sete Gatinhos e A Importância de Ser Fiel, que ocupam suas noites de terças a domingos. O excesso de trabalho ainda obrigou Bárbara a desistir de retomar um terceiro espetáculo, Arsênico e Alfazema, com o qual colheu elogios da crítica em 2004.

A intensa atividade teatral de Bárbara não é uma estratégia para
enterrar a fama de estrela da Casa dos Artistas. “Na época, não tinha noção de como poderia ficar rotulada, mas não me arrependo de nada. Quanto tempo mais eu iria demorar para mostrar a minha cara e ainda comprar um apartamento?”, diz ela. Com o reconhecimento de astros como Paulo Autran, que a dirigiu em Vestir o Pai, e Juca de Oliveira, de quem encenou A Babá, Bárbara troca o sucesso fácil pelo aprendizado. “Fiz seis espetáculos em dois anos e sempre fui muito intuitiva. Agora, estou me tornando mais técnica. Quanto mais trabalhar, mais vou crescer”, garante.

A Bárbara dos palcos não lembra em nada a jovem que chega ao teatro, ainda com o sol alto, por volta das 19h, de cabelos presos e calça jeans. Nas terças e quartas, ela carrega na maquiagem e se desafia como Aurora, a mais velha das irmãs de Os Sete Gatinhos, texto de Nelson Rodrigues dirigido por Alexandre Reinecke. “O sonho de toda atriz é viver uma prostituta”, diz ela. Ao abandonar a pele da mulher que vende o corpo para garantir o casamento da irmã caçula, Bárbara assume, de quinta a domingo, a romântica Cecília, uma garota de 17 anos do século 19, em
A Importância de Ser Fiel, adaptação de Eduardo Tolentino de Araújo para o clássico de Oscar Wilde. “Como a Cecília, trabalho com os meus sonhos de menina, enquanto com a Aurora lido com a minha raiva, com o meu ódio”, afirma Bárbara.

O sucesso rima com a estabilidade pessoal. Nos dois espetáculos, a atriz contracena com o namorado, Dalton Vigh, com quem está há dois anos. “O trabalho se torna um exercício para a relação. Ou a gente cresce junto ou se acomoda”, diz ela, que volta à tevê ainda no primeiro semestre com o teleteatro Toda Donzela Tem um Pai Que É uma Fera, na TV Cultura. Dirceu Alves Jr.

Os Sete Gatinhos
Teatro Folha – Shopping Pátio Higienópolis – av. Higienópolis, 618, São Paulo,
tel. (11) 3823-2323. Terças e quartas-feiras. Até 30/3.

A Importância de Ser Fiel
Teatro Imprensa – r. Jaceguai, 400, São Paulo,
tel. (11) 3241-4203. Quintas a domingos. Até 27/2.