Frases  
 

Enviar para um amigo

Leandro Pimentel
"Estou escrevendo um livro
de memória. Mas só sobre a minha vida até 14 anos. Antes
de começar a transar"

Vera Fischer, atriz, 53 anos
 

Edu Lopes
"Tô escrevendo, compondo e fumando maconha. Passo o dia todo em casa. Tô com calo de muleta num lado da mão e no outro, calo do videogame"
Marcelo D2, cantor, que se
recupera de uma cirurgia de
joelho e se prepara para o lançamento de um novo disco
Brainpix
"Envelhecerei dignamente
em público e vergonho-
samente em família"

Jerry Hall, 46 anos, ex-modelo
e ex-mulher de Mick Jagger
 
CONFISSÕES

“Às vezes, a separação é a única confirmação possível daquilo que é mais valioso numa união”
Caetano Veloso, cantor e compositor, sobre o fim do casamento de 19 anos com
Paula Lavigne em entrevista à colunista
Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo

“Vamos ter força e firmeza para
defender em nossa amizade tudo que
construímos de bom e de grande”

Caetano Veloso, que continuará a
ser empresariado pela ex-mulher

“Minha amizade com Paulinha é profunda porque eu sempre a vi grande”
Caetano Veloso, que começou a namorar
Paula Lavigne quando ela tinha 13 anos

“Eu fazia canções, não eram sermões. Se examinarem as canções, não acredito que encontrem nada que digo que sou porta-voz de alguém ou de alguma coisa”
Bob Dylan, cantor e compositor, desprezando o título de guru da geração dos Anos 60
  “Fui a um programa de televisão e o apresentador só me chamava de Robin. O tempo todo. Fiquei sem graça de corrigi-lo. Mas tudo bem, ele era bem velhinho. Velho demais para aquele programa”
Robbie Williams, cantor, sobre Serginho
Groisman, apresentador do Altas Horas
“Não cobrava o corte das famosas.
Mas meu terapeuta disse que eu
estava desmerecendo o meu trabalho”

Marco de Biaggi, cabelereiro de
estrelas como Adriane Galisteu,
Deborah Secco e Luciana Gimenez
  “Diga ao povo que fico, que sou vaso ruim e há 58 anos me quebro, mas me conserto”
Rita Lee, cantora, que este ano chegou a ser internada com crises de estresse

Os Melhores do Mundo
Três finalistas concorrem ao título de jogador do ano da Fifa

  O meio-campista Ronaldinho é o representante brasileiro na eleição de melhor jogador
do mundo em 2004. Os dribles desconcertantes e os malabarismos que faz em campo
com a camisa do Barcelona o credenciam à disputa com os goleadores Thierry Henry
e Andriy Shevchenko, cujo resultado será anunciado pela Fifa no dia 20 de dezembro. Confira ao lado as fichas dos donos da bola.
RONALDINHO
Idade: 24 anos
Nacionalidade: BRASILEIRa
Clube: BARCELONA (ESPANHA)
Rendimentos anuais:
US$ 13,4 milhões
(US$ 6,7 milhões de salário)
Gols na temporada: 4
Títulos: Copa do Mundo (2002) e Copa América (1999)
ANDRIY SHEVCHENKO
Idade: 28 anos
Nacionalidade: UCRANIANA
Clube: MILAN (ITÁLIA)
Rendimentos anuais:
US$ 12,6 milhões
(US$ 6 milhões de salário)
Gols na temporada: 15
Títulos: Copa dos Campeões (2003) e Campeonato Italiano (2004)
THIERRY HENRY
Idade: 27 anos
Nacionalidade: francesa
Clube: ARSENAL (INGLATERRA)
Rendimentos anuais:
US$ 11,2 milhões
(US$ 8,3 milhões de salário)
Gols na temporada: 16
Títulos: Copa do Mundo (1998), Eurocopa (2000), Copa das Confederações (2003), Campeonato Inglês (2002 e 2004) e Campeonato Francês (1997).