7 de fevereiro de 2000
Home
Home
Semana
Diversão e Arte
Outras Edições
Outras Edições
Fale Conosco
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Busca
 



Jutahy Magalhães
Filho de líder revolucionário, defensor da reforma agrária e inimigo de Antônio Carlos Magalhães, o ex-senador morreu de câncer no fígado, aos 70 anos

Foto: Luiz Antonio Ribeiro

O ex-senador Jutahy Magalhães (PSDB) era um dos últimos focos de resistência ao poder político do senador Antônio Carlos Magalhães na Bahia. Após 36 anos de vida pública, 23 deles às turras com ACM, Jutahy morreu na segunda-feira 31, vítima de complicações hepáticas decorrentes de um câncer no fígado, no Hospital Português de Salvador, aos 70 anos. Carioca, filho de Juracy Magalhães - um dos líderes da Revolução de 30, nomeado por Getúlio Vargas interventor na Bahia por 15 anos, de 1930 a 1945 -, Jutahy Magalhães mudou-se para a Bahia em 1930 e iniciou a carreira política em 1958, como vereador pela União Democrática Nacional na Ilha de Itaparica. Depois, elegeu-se seguidamente deputado estadual e federal. Após a extinção dos partidos pelo Ato Institucional n.º 2, filiou-se à Arena e depois ao PDS, partido no qual apoiou Paulo Maluf nas eleições indiretas de 1985. Reelegeu-se ao Senado de 1978 a 1994, quando abandonou a vida pública, marcada pela defesa da reforma agrária e da demarcação de terras indígenas. O sepultamento ocorreu na segunda-feira 31, no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador. O ex-senador deixa a mulher, Mercedes, e três filhos.

Antônio Carlos Fedato, atacante e técnico do Palmeiras, morreu na quarta-feira 26, de ataque cardíaco, aos 51 anos. Segundo a família, há nove anos ele sofreu uma cirurgia para desobstruir uma coronária. Ele teve o enfarto fatal após ter sido constatada outra obstrução coronária, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Beneficência Portuguesa de São Caetano do Sul, onde morava. Entre os times em que atuou estão o Náutico (Recife) e o Al Helal (Arábia Saudita). O ex-jogador será sepultado na quinta-feira 27 no Cemitério das Lágrimas, em São Caetano do Sul. Deixa dois filhos, Antônio Carlos, 20 anos, e Juliana, 18, além da mulher, Eunice Maria.

Marco Antônio da Fonseca, o Diego da dupla sertaneja Roger & Diego, morreu em um acidente de carro no domingo 30, aos 41 anos. O Mercedes-Benz em que o cantor viajava pela Rodovia Anhangüera bateu na proteção lateral e capotou na altura de Santa Rita do Passa Quatro (SP). O empresário da dupla, Ariovaldo Chaves Liger, que dirigia o carro, também morreu. Segundo a polícia rodoviária, os corpos ficaram carbonizados e só foram identificados dez horas depois do acidente. Os dados funerais não foram divulgados.

O norte-americano Donald Budge, o primeiro tenista a conquistar um torneio Grand Slam, morreu na quinta-feira 27, aos 84 anos, vítima de um ataque cardíaco, na Pensilvânia (EUA). Estava internado desde dezembro, quando sofreu um acidente de carro. O título histórico de Budge foi conquistado na temporada de 1937/1938, feito que só seria alcançado em 1953. Donald Budge foi eleito um dos 20 melhores tenistas de todos os tempos pela revista Tennis Magazine. Deixa a segunda mulher, Loriel, e dois filhos.

 

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home