Veja também outros sites:
 
   
Reportagens
   
 
Ana Hickmann
Modelo abriu mão de desfiles
em Paris para debutar como destaque da Grande Rio
Divlugação
Ana teve aulas de
samba para viver a
deusa Afrodite na passarela do samba

Carnaval
O entra e sai na avenida
Gestações e desavenças com escolas
desfalcam a Sapucaí e renovam o
espetáculo das musas na passarela do samba

 

Desde que se tornou modelo profissional, há 8 anos, a gaúcha Ana Hickmann não sabe o que é brincar o Carnaval no País. Este ano, porém, ela topou trocar a passarela da moda – abriu mão de desfiles em Paris – pela do samba. Ana, 22 anos, estreará na Marquês de Sapucaí como destaque da escola de samba carioca Grande Rio. “Chorei no dia em que vi minha fantasia.” Como a deusa grega Afrodite, estará no alto do quarto carro alegórico da escola. E até aulas de samba encarou para não fazer feio. “Sambar, incrivelmente bem, eu não sambo. Vou ficar um pouco tímida, é uma baita exposição. A diferença das passarelas é que na do samba são milhares de pessoas te olhando.”

Leandro Pimentel/André Durão
Em 2003, pela primeira vez em 15 anos, Valéria Valenssa (à dir.) ficou fora do Carnaval porque tinha dado à luz seu primeiro filho, João Henrique. Este ano, repetirá a dose. Grávida de José Gabriel, assistirá aos desfiles pela tevê. Cláudia Valenssa (acima), 26 anos, irmã caçula de Valéria, compensará a ausência da Globeleza. Em São Paulo, sairá na Acadêmicos do Tucuruvi e, no Rio, na Caprichosos de Pilares. “Sempre me comparam com a Valéria. Estou preparada para fazer bonito.”

 

Leandro PimentelCarol Feichas
Depois de dez anos desfilando pela Grande Rio, a atriz Mônica Carvalho (ao lado) ficará de fora dos desfiles na Marquês de Sapucaí para cuidar da gravidez de três meses e descansará com o marido em alguma praia no Nordeste. “Mas ano que vem, estarei de volta”, avisa. Substituindo a atriz, como destaque do quarto carro da Grande Rio, estará a modelo e filha de passista Marcela Milki (acima), de 25 anos. “Ia sair no chão, mas pediram para substituí-la. Sem problemas, vou
sambar muito do mesmo jeito.”

 

Grandes ausências
Musa do Carnaval do Rio desde 1987, Luma
de Oliveira (1) está grávida de dois meses e
meio e deixou o posto de madrinha de bateria
da Mocidade Independente. No Salgueiro,
os diretores acreditam que Luana Piovani (2) desistiu de desfilar por não ter sido escolhida
para ser rainha da bateria. Adriane Galisteu (3)
foi afastada da Portela, onde completaria oito
anos com madrinha da bateria, ao aceitar o
convite para também ocupar o mesmo posto na Acadêmicos da Rocinha, do grupo de acesso.
Comente esta matéria