Veja também outros sites:
 
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

01/12/2003

   
 
Leandro Pimentel
Ela mora há um ano e meio com o diretor Carlos Thiré e já foi casada com o músico Marcelo Bonfá e com o fotógrafo André Wanderley, pais de João Pedro e Gabriela, respectivamente

 

Televisão
Juventude de mãe
No ar em Celebridade, da Globo, Isabela Garcia vai a show do filho, cantor e guitarrista, mantém corpo de garota e diz que posaria nua novamente

Nina Arcoverde Mansur

 

O telefone celular de Isabela Garcia toca e do outro lado
da linha está João Pedro, filho mais velho dela. Aos 15 anos, o garoto pede autorização para ir à casa de um amigo e andar de skate na praia. A mãe consente e, meia hora mais tarde, João Pedro volta a ligar, só para avisar que está tudo bem. Telefonemas desse tipo, dele e de Gabriela, a outra filha de 11 anos de Isabela, são uma constante na vida da atriz, que vive a espevitada Eliete em Celebridade. Mãe preocupada, ela faz questão de saber onde os filhos estão e, sempre que pode, procura mantê-los informados da rotina dela. “Eles têm consciência de que não se trata de controle, mas de cuidado”, diz.

Isabela, 36 anos, mantém uma proximidade com os filhos muito por ter sido mãe bem jovem, aos 20 anos. Ao mesmo tempo em que faz cobranças, empolga-se ao comentar a vontade de Gabriela de ser fotógrafa e da banda na qual João Pedro exercita os dotes de cantor e guitarrista. “Sou muito crítica. Fiquei receosa quando ele quis ser músico. Quando acho que algo está ruim, falo mesmo”, diz. Até agora, porém, as críticas são boas. Recentemente, ela emocionou-se numa casa noturna ao observar a platéia dançando ao som da banda (GI Joe) de João Pedro.

Embora sinta uma discreta vontade de ter filhos, Isabela prefere, por enquanto, curtir o relacionamento de um ano
e meio com o diretor Carlos Thiré, com quem divide o mes-
mo teto, filho de Cecil Thiré e neto de Tonia Carrero. Algo que não pôde fazer com tanta intensidade nos dois casamentos anteriores, com o músico Marcelo Bonfá, pai
de João Pedro, e com o fotógrafo André Wanderley, pai
de Gabriela, pois os filhos eram muito pequenos.

Isabela e Carlos curtem programas a dois, reúnem a família para passeios. As viagens anuais do diretor a Portugal, onde ele passa alguns meses para dirigir espetáculos, também são um combustível para a união. “Soubemos cuidar do nosso amor mesmo longe. A impressão que tenho é que esta relação é mais madura.”

Além de “namorido”, uma mistura de namorado e marido, como Isabela define, Carlos é parceiro profissional. Os dois estão nas peças Cruzes! Festa Surpresa, na qual ela atua, e Beijo na Boca, encenadas na temporada do diretor na Europa. A segunda, inclusive, foi concebida a partir de uma necessidade que Isabela percebeu na condição de mãe. A atriz sentia falta de peças adequadas para o público com a idade de sua filha e produziu uma comédia sobre o início do namoro e a fase do ficar. “Uma menina de dez anos não tem que estar falando em transar, mas tem que saber como funciona”, opina.

As crianças de hoje em muito diferem das da época em que Isabela começou na tevê, aos 4 anos. Apesar de trabalhar desde cedo, ela conseguia manter uma vida calma em Vaz Lobo e em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, onde morou na infância. Andava de bicicleta na rua e ia a pé, sem preocupação, para a casa dos amigos. Um pouco desse clima, a atriz tem revivido na pele da personagem que o autor Gilberto Braga criou para ela em Celebridade. “Isabela é, sem dúvida, uma das minhas atrizes preferidas. Me sinto muito seguro trabalhando com ela. Sua naturalidade é o que mais me agrada”, diz o autor.

A proximidade dos 40 anos não a assusta, mesmo sendo impedida de usar cremes por conta de uma alergia. A forma juvenil de se vestir, os trejeitos de garota, e o corpo enxuto, enganam a idade: “Estou feliz comigo, com a minha vida. Vejo as diferenças, tenho 36 anos e não 15, mas não me preocupo”, diz ela, que está mais satisfeita com o corpo agora do que quando foi capa de Playboy, aos 21 anos. “Posaria nua de novo, se estivesse precisando de dinheiro. Não tenho inibição nem pudores de mostrar meu corpo.”

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 226
ENQUETE

Você acredita que o cantor Michael Jackson irá para a cadeia?

QUEM SOU EU?
COMO É SEU PARCEIRO IDEAL?
ENSAIO
LUIZE ALTENHOFEN
 BUSCA

ANIVERSÁRIO

Colocamos as principais notícias do ano que você nasceu em uma home page.
RESUMO DAS NOVELAS
 
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três