Veja também outros sites:
 
Home •• Revista ••• Reportagens •••• Gente fora de série  
Reportagens

24/11/2003

   
 
Divulgação
Roberto aprendeu com o radialista Jair Taumaturgo a se posicionar na hora de cantar. Das aulas, surgiram gestos característicos do cantor, como apontar para a platéia
Divulgação
Roberto Jayme
Roberto conheceu
Maria Rita quando ela tinha 16 anos, mas o romance não foi adiante na época porque os pais dela não deixaram
Edu Lopes
A fé católica do rei foi reforçada com o relacionamento com Maria Rita, a única de suas três mulheres com quem se casou no papel

 

Gente Fora de Série
Roberto Carlos
Capítulo 2
O sucesso, os amores e a fé
O cantor ainda pertencia à banda The Sputnicks quando conheceu o parceiro Erasmo Carlos, com quem fez seu primeiro filme em 1959. Ficou popular na Jovem Guarda, ao lado de Erasmo e Wanderléa. Teve três mulheres, Nice, Myriam Rios e Maria Rita, uma paixão antiga

por Luís Edmundo Araújo

 
Resumo do capítulo 1:
Apaixonado por carros na infância, em Cachoeiro de Itapemirim, Roberto Carlos aproximou-se mais da música após o acidente no qual perdeu parte da perna direita.
Com a mudança para o Rio de Janeiro, aumentou seus esforços para se tornar cantor. Para se sustentar, trabalhou como datilógrafo do Ministério da Fazenda até começar a cantar com os Sputnicks, sua primeira banda, que tinha Tim Maia na formação original.

Sucesso na voz de Elvis Presley no fim dos anos 50, a música “Hound Dog” teve papel fundamental na vida de Roberto Carlos. Responsável por uma das quatro vozes e um dos dois violões do conjunto The Sputnicks, onde iniciou a carreira musical, o cantor precisava da letra original da canção
para que a banda ensaiasse. A busca terminou depois que amigos lhe indicaram um fã de Elvis que colecionava tudo sobre o ídolo: Erasmo Carlos.

Do encontro inicial, nasceu uma amizade que culminaria
na maior parceria da música brasileira, responsável por
pelo menos 70 grandes sucessos. Mas antes da fama, foi preciso brigar muito. Integrantes da Turma da Matoso, que se reunia na Rua do Matoso, na Tijuca, zona norte carioca, Roberto e Erasmo viveram de perto a rivalidade entre os jovens das zonas sul e norte do Rio, durante as décadas de 50 e 60. Quase sempre que a Turma da Matoso resolvia se divertir na zona sul, a festa acabava em briga. “Eles não levavam desaforo para casa”, conta Roberto Carlos Braga II, o Dudu, filho do cantor.

Ao lado do melhor amigo, Roberto participou de seu primeiro filme, Minha Sogra É da Polícia, de 1959. Numa cena rápida, o cantor apareceu cantando e tocando guitarra num conjunto que, além de Erasmo, tinha ainda Carlos Imperial e Cauby Peixoto. Nessa época, Tim Maia já tinha ido para os Estados Unidos, abandonando os Sputnicks. Por sugestão de Arlênio Lívio, fundador do grupo, a banda foi rebatizada de Snakes, e recebeu a adesão de Erasmo.

Por mais que se dedicasse à banda, porém, Roberto não esquecia o sonho de tentar a carreira solo. Enquanto continuava na batalha por uma chance nas rádios, passou a freqüentar festas do meio musical, uma delas na casa da cantora Ângela Maria. “Dei uma festa numa casa que tinha no Jardim Botânico (zona sul do Rio) e ele foi. Conheci o Roberto quando ele estava começando, sempre com aquele jeitinho humilde”, lembra Ângela

Das festas, muitas delas já no clima da bossa-nova que tomava conta do Rio de Janeiro, Roberto tirou a influência para seu primeiro disco em 78 rotações por minuto (tecnologia já defasada na época, que só permitia uma
faixa de cada lado). Claramente inspirado por João
Gilberto, o cantor gravou, pela antiga Polydor, as
músicas “João e Maria” e “Fora do Tom”, mas não fez sucesso. O clima romântico continuou em seu primeiro LP, Louco por Você, gravado em 1961, já pela Colúmbia, gravadora que se transformaria na atual Sony Music e da qual Roberto jamais se separaria.

O sonho de gravar um disco estava realizado, mas faltava estourar um grande sucesso. Para isso, o cantor sabia que precisaria de algo novo, diferente do que já estava sendo tocado, e sabia que a novidade almejada só seria alcançada com muito agito. Na sua busca, teve a ajuda do radialista Jair de Taumaturgo, na época trabalhando na Rádio Mayrink Veiga, onde Roberto chegou a cantar.

Apostando no futuro do jovem músico, Jair ensaiava com ele nas horas vagas. Enquanto Roberto cantava no microfone, o veterano radialista não se cansava de repetir: “Mais balanço, mais alegria”. Jair também sugeriu ao pupilo o gesto de apontar para a frente ao cantar, como se fosse surgir algo inesperado no palco. Depois do aprendizado, o cantor estava pronto para o sucesso, que começou a se delinear a partir de 1962, com músicas como “Splish Splash”, “Parei na Contramão” e “O Calhambeque”.

Nascia a Jovem Guarda, que viraria mania nacional a
partir de 1965, quando, ao lado de Erasmo e Wanderléa, Roberto aceitou o desafio de estrelar um programa de televisão. A missão era difícil: manter a audiência das
tardes de domingo na tevê Record, ameaçada pela proibição das transmissões de futebol. “Já tinham tentado outras atrações, mas nada deu certo. Até que o Roberto chegou para gravar um programa piloto”, lembra Genival Barros, na época sonoplasta da Record e hoje gerente de produção dos shows de Roberto Carlos. “O piloto foi tão bom que acabou indo ao ar”, completa Genival.

Além de alavancar sua carreira, o programa na tevê também contribuiu para mudar a vida pessoal do rei da música. Ainda em 1965, o cantor receberia em seu camarim, após a gravação, a visita de uma professora primária de São Paulo com seus alunos. Foi o primeiro contato com Cleonice Rossi, a Nice, com quem Roberto viajaria para a Europa em 1967 e, no ano seguinte, se casaria. Como Cleonice era separada, e já tinha uma filha (Ana Paula, nascida em 1965), a união foi consumada em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, numa cerimônia transmitida por rádio para o Brasil.

1 | 2

Comente esta matéria
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 225
ENQUETE

O que você pensa
sobre a separação
do fenômeno
Ronaldinho e
Milene Domingues?

QUEM SOU EU?
VOCÊ É MEDROSO?
ENSAIO
CLÉO PIRES
 BUSCA

ANIVERSÁRIO

Colocamos as principais notícias do ano que você nasceu em uma home page.
RESUMO DAS NOVELAS
 
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três