Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

11/08/2003

   
 
Reprodução/AE
Ela foi candidata a miss Paulínia: “Desde que começamos a sair ela passou a se interessar muito pela política, passou a ler nos jornais sobre o assunto”

 

Casamento
“Foi uma atração forte”
O presidente do PMDB, Michel Temer,
casa-se com uma moça 42 anos mais jovem
que irá fazer vestibular para Direito

Cecília Maia

 

Em meados de julho, o presidente do PMDB, Michel Temer,
62 anos, avisou aos companheiros de partido que na última semana do mês estaria viajando. Ninguém deu importância ao fato, mas qual não foi a surpresa quando todos souberam pelos jornais que o colega havia se casado com uma moça 42 anos mais nova? O casamento virou tema obrigatório no mundo político e o sigilo em torno do assunto só fez aumentar a curiosidade. Pai de quatro filhos – Luciana, 34, Maristela, 31, Clarisse, 29, e Eduardo, 5, do segundo casamento – e avô de dois netos, Temer se casou em segredo no sábado 26, com a ex-candidata a miss Paulínia, interior de São Paulo, Marcela Tedeschi Araújo, 20 anos.
No domingo à tarde viajou em lua-de-mel para a Bahia. Na volta conversou com Gente:

Por que tanto sigilo em torno do casamento?
Não houve sigilo, houve discrição. Já estávamos namorando havia quase um ano e não era segredo, mas eu não precisava também mostrar ao Brasil inteiro. Era um assunto particular. Então fiz uma cerimônia simples, para as famílias, num total de apenas 12 pessoas. Minhas filhas, meus irmãos, os pais e tios dela, só.

Como suas filhas reagiram?
Muito bem. Eu as chamei e conversamos abertamente.
Elas me perguntaram se eu gostava dela e se ela gostava
de mim. Foi o suficiente. Minhas filhas são minhas amigas, então elas aceitaram e me deram apoio. Duas delas são inclusive psicólogas.

Como foi que tudo começou?
Há cerca de um ano fui a uma convenção em Paulínia. Ela
foi com o tio dela e a mãe, que me pediram para tirar fotos. Conversamos e eu acabei pedindo o telefone dela. Perguntei se podia ligar e ela disse que sim.

Foi paixão à primeira vista?
Foi uma atração forte, mas como explicar essas coisas?

Ela virá para Brasília?
Possivelmente uma vez ou outra, mas vamos ficar morando em São Paulo mesmo porque ela está estudando, está se preparando para o vestibular. Eu vou continuar com minha vida normal, indo semanalmente para Brasília.

Ela vai fazer o quê?
Possivelmente Direito.

O senhor é um catedrático em Direito e ela ainda vai fazer vestibular. É fácil desenvolver o diálogo com tamanha diferença?
Desde que começamos a sair ela passou a se interessar muito pela política, passou a ler nos jornais sobre o assunto, fazia comentários comigo. Hoje em dia, as pessoas têm muita informação. Então a distância não fica assim tão grande.

Como é a relação entre duas pessoas com idades
tão distintas?

Você sabe que é uma relação saudável? Não há nada de excepcional. Ela se sente muito à vontade comigo e eu me sinto muito à vontade com ela. É interessante porque a gente vive uma troca de experiência de vida, e acho que essa troca dá um certo equilíbrio pela diferença de idade.

Arquivo Pessoal

Os planos de vocês para o futuro incluem ter filhos?
Nós vamos viver o presente. Quanto a ter filhos, acho que não é uma coisa que se descarte, mas nós não conversamos sobre o assunto.
O futuro é que
vai dizer...

O senhor está preparado para enfrentar os comentários quando chegar a Brasília?
Sim. Às vezes passo com ela e as pessoas olham, por
duas razões: uma porque sou conhecido, principalmente
em São Paulo, e segundo por causa da diferença de idade. Mas eu não me incomodo com isso, nós políticos já es-
tamos acostumados.

O senhor conversa esse assunto com ela, para ela
saber lidar com isso?

Claro! Falo que as pessoas vão olhar, comentar, que
haverá amigos e inimigos e explico que quem está na
vida pública tem uma privacidade menor do que quem
não está. É o preço que a gente paga.

O senhor virou o assunto da semana no Congresso. O que pensa disso?
Eu era assunto sob o enfoque da política. Só posso dizer: “Paciência”. Estou tranqüilo, e sei que as pessoas não
fazem esse tipo de brincadeira na minha frente. Tenho uma postura séria e as pessoas respeitam isso, além do mais
não cometi nenhum crime, não é? Apenas me casei e tudo dentro dos padrões, a única coisa que chama atenção é a diferença de idade.

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 210
ENQUETE
Na sua opinião, qual o pior apresentador da televisão brasileira?
:: VOTAR ::
QUEM SOU EU?
 
FÓRUM

Você é Fashion?

 BUSCA

Aniversário

Colocamos as principais notícias do ano que você nasceu em uma home page.
RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três