Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

21/07/2003

   
 
Felipe Barra
“Tenho imenso prazer
em cozinhar”, diz ela, que acorda às 4h para deixar o arroz de molho, antes de seguir sua rotina de exercícios
Almoço
Cardápio do ministro
Leandro Pimentel

• Sopa missô (pasta de soja), tofu, algas e cebolinha.

• Arroz integral com crepe de legumes, vegetais e salada de maionese, que leva cará cozido, limão, shoyo, ervilha refogada e conserva de azedinha.

• As sobremesas costumam ser de maçã.

• Para beber, chá
de raiz de lótus

 

Gastronomia
A cozinheira de Gil
Responsável por preparar o almoço do ministro diariamente, ela descobriu a macrobiótica
após pegar uma virose africana na Argélia

Carolina Bardawil

 

Para agüentar o pique de ministro da Cultura de segunda a sexta e de músico de fim-de-semana, Gilberto Gil, 61 anos, revelou recentemente seu segredo: “É o arroz integral”, disse ele. A resposta encheu de orgulho a jornalista e cozinheira Vera Viana, 56 anos, responsável pelas refeições do compositor na Capital Federal.

Eles se conhecem há mais de 20 anos – desde que começaram a freqüentar a Escola de Auto-Educação Vitalícia, o significado atual de macrobiótica no Brasil – mas faz pouco tempo que passaram a ter convivência mais próxima. É Vera quem todos os dias prepara a marmita servida para Gil na hora do almoço no Ministério. Ele prefere almoçar lá para ganhar tempo.

Sucesso também entre os deputados petistas Luiz Eduardo Greenhalgh (SP), e Sigmaringa Seixas (DF), Vera adotou a alimentação macrobiótica e a filosofia zen da Auto-Educação Vitalícia aos 28 anos, após uma viagem à Argélia. Ela pegou uma virose africana e sofria de febre alta, enjôos diários e até delírio sem saber o que tinha. A doença só foi diagnosticada quando ela chegou à França. “Eu estava completamente debilitada, era só carne e osso”, conta. Vera tentou vários tratamentos convencionais mas nada adiantava. Só melhorou quando descobriu a macrobiótica e passou a se exercitar diariamente.

A mudança não foi fácil, mas valeu a pena. Vera descobriu ainda uma nova profissão. “Tenho imenso prazer em cozinhar”, diz. Hoje ela leva uma vida muito disciplinada. Acorda às 4h, para deixar o arroz de molho, às 5h vai para o Parque da Cidade em Brasília fazer uma caminhada, e depois passa duas horas na academia fazendo ginástica e musculação. “Sinto muita alegria e uma grande felicidade por fazer tudo o que faço com a idade que tenho”, diz.

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 207
ENQUETE
O que você achou da “brincadeira” de Silvio Santos sobre estar com doença grave e ter vendido o SBT?
:: VOTAR ::
 
QUEM SOU EU?
 BUSCA

FELICIDADE

Esqueça dinheiro, sorte e até inteligência. Leve em conta bom humor, generosidade e otimismo. Para você,
o que é a felicidade?
 
RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida

CALCULADORA
DA FAMA

• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três