Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

21/07/2003

   
 
Beto Tchernobilsky
“O garoto tem muita sorte. Daqui em diante, tudo dependerá de sua força de vontade”,
diz o primo Éder Jofre

 

Esporte / Raphael Zumbano
DNA de campeão
Primo do ex-campeão Éder Jofre, o superpesado Raphael Zumbano sonha com uma medalha de ouro no Pan para consagrar o nome da família, que reúne 28 pugilistas

Fábio Bittencourt

 

Graças a um golpe do destino, a carreira do boxeador Raphael Zumbano, 22 anos, acaba de ganhar fôlego extra. Com apenas 11 lutas no currículo, o superpesado teve o nome incluído na equipe brasileira que vai aos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, na República Dominicana. Raphael ficou com a vaga após duas desistências – o titular da equipe foi vetado pelos médicos e o reserva imediato teve problemas com a documentação. “Sei que não tenho muita experiência, mas vou para o Pan atrás de uma medalha de ouro. Ano que vem, quero ir para as Olimpíadas”, diz ele.

“São dois títulos importantes e inéditos em minha família.”
Com 1,97m e 97kg, Raphael é herdeiro de nomes consagrados no esporte. Entre os 28 pugilistas do clã, o maior destaque foi seu primo Éder Jofre, ex-campeão mundial dos pesos galo e pena. A inspiração de Raphael, no entanto, veio do avô Ralph Zumbano, que em 1948 ficou com a quarta colocação dos peso-leves na Olimpíada da Inglaterra. Ralph era um abnegado pelo esporte e chegou a ser o técnico de Éder
em meados dos anos 70.

Durante muitos anos, ele tentou convencer o neto a vestir luvas. “Meu avô dizia que eu seria campeão mundial”, lembra Raphael. Mas o esforço era em vão. O jovem preferia dedicar-se ao jiu-jítsu, modalidade em que foi seis vezes campeão paulista e duas vezes campeão paranaense. O interesse pelo ringue só surgiu em fevereiro de 2002, três meses após a morte de Ralph. Foi quando Raphael aban-
donou a faculdade de Direito e passou a dedicar-se integralmente ao boxe. Neste ano, conquistou a Forja dos Campeões, o torneio amador mais importante do País. Mês passado, ficou com a medalha de prata no torneio de Carabobo, na Venezuela. “O garoto tem muita sorte”,
diz o primo Éder Jofre. “Daqui em diante, tudo dependerá
de sua força de vontade.”

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 207
ENQUETE
O que você achou da “brincadeira” de Silvio Santos sobre estar com doença grave e ter vendido o SBT?
:: VOTAR ::
 
QUEM SOU EU?
 BUSCA

FELICIDADE

Esqueça dinheiro, sorte e até inteligência. Leve em conta bom humor, generosidade e otimismo. Para você,
o que é a felicidade?
 
RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida

CALCULADORA
DA FAMA

• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três