Veja também outros sites:
Home •• Revista ••Diversão & Arte    
Diversão & arte - Televisão

21/07/2003

   

Foco / Turma do Gueto
Violência e audiência

Mariane Morisawa

Divulgação
Nill Marcondes e Alexandre
Frota em cena da Turma do Gueto

Quando Netinho criou Turma do Gueto, sua intenção era mostrar a realidade da periferia com olhos de quem veio dela. O seriado exibia a violência que existe nos bairros mais afastados das capitais brasileiras, mas procurava apresentar o lado bom da maior parte de seus moradores. Na terceira temporada, o apresentador se afastou de sua criação, oficialmente para cuidar de outro projeto. Turma do Gueto está muito diferente da idéia original. Quase o tempo todo, vêem-se cenas de perseguições, ameaças com revólveres e até espancamentos que quase resultam em estupros. “O seriado não está mais violento. As pessoas confundem ação com violência”, diz Marilene Carvalho, produtora-executiva do seriado. “Na primeira temporada, havia muitos personagens, numa estrutura de minissérie. Agora, as histórias têm começo, meio e fim em cada episódio. A ação está mais concentrada.”

A produtora-executiva não teme estigmatizar os moradores da periferia: “Mostramos também o resgate do personagem Jacaré, que saiu do tráfico, por exemplo”. O fato
é que, em termos de Ibope, deu certo, porque Turma do Gueto é o programa de maior audiência da Record, com média de 10 pontos.

Comente esta matéria
Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 207
ENQUETE
O que você achou da “brincadeira” de Silvio Santos sobre estar com doença grave e ter vendido o SBT?
:: VOTAR ::
 
QUEM SOU EU?
 BUSCA

FELICIDADE

Esqueça dinheiro, sorte e até inteligência. Leve em conta bom humor, generosidade e otimismo. Para você,
o que é a felicidade?
 
RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida

CALCULADORA
DA FAMA

• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três