Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

02/06/2003

   
 
André Durão
Maria Rita entre Simone e Marina: “O amor que eu e Elis tínhamos um pelo outro resultou em Maria Rita”, diz Milton

 

Música
Meninas de Milton
Lançado por Elis Regina, o cantor homenageia
as mulheres em seu último disco no qual apresenta três novas cantoras, entre elas Maria Rita Mariano, filha de sua madrinha musical

Vivianne Cohen

 

Final de 2000. No palco do Canecão, no Rio, Milton Nascimento ensaiava com Gilberto Gil o show do disco que gravaram juntos, Gil & Milton. Num intervalo, o cantor mineiro avistou alguém na platéia. Era Maria Rita Mariano, filha de
Elis Regina e do pianista César Camargo Mariano. Meio tímida, ela lhe entregou um CD: “Ouça e me diz o que eu faço da minha vida”. Ao ouvi-lo em casa, Milton ficou encantado. “Quem me lançou foi a Elis. E de repente vem a filha dela para eu lançar. Não sabia se ria ou se chorava”, recorda-se. Quase um ano depois, já sabia o que fazer. À procura de mais uma mulher para integrar o trio que cantaria com ele
em seu novo álbum, Pietá, uma homenagem às vozes femininas que o influenciaram, decidiu. “Falei sobre o CD à Maria Rita e disse que uma delas era ela.”

As outras são Marina Machado e Simone Guimarães. A primeira foi amor à primeira vista. Milton a descobriu ao ouvi-la num disco de uma banda mineira. Já com Simone, houve uma coincidência. Ele tocava violão numa praça no interior paulista quando foi visto por uma menina de 5 anos que não o deixou parar de tocar. Vinte anos mais tarde, seria ele o fã. “Ouvi os CDs dela e quis conhecê-la.”

Com Maria Rita, deparou-se com um forte temperamento, herança de Elis. “Não estava muito certa, fiquei com medo”, confessa ela, que trocou os Estados Unidos, onde morava desde os 16 anos e cursou Comunicação Social, pelo Brasil para ser cantora. Foi preciso exigir dela uma definição. Contrariando o pedido de Maria Rita, mostrou o CD a outras pessoas. “Disse: mostrei para quem eu achava que devia ver. E encerrou-se o assunto. Vai gravar ou não vai?”, intimou. Deu certo. Maria Rita livrou-se de seus fantasmas e estreou como cantora num show com o músico Chico Pinheiro, em julho de 2002. “A relação que tenho com Milton é mais pessoal que profissional. O baque só vem quando ele canta a primeira frase da música. Aí penso: ‘Ai, tô no palco com Milton Nascimento’. Fora isso, é um tio, um padrinho”, diz ela.

Maria Rita lembra-se das visitas que o cantor fazia a seu
pai depois da morte de sua mãe, quando tinha 3 anos. Quando mudou-se para Nova York, viram-se duas vezes. Para Milton, o encontro tem sabor especial. “Tenho certeza de que fui o maior amigo da Elis. O amor que tínhamos um pelo outro resultou em Maria Rita.” Ele costuma dizer que conheceu “a Pimentinha” duas vezes. Em 1964, após dar
uma canja numa festa em que Elis estava presente, tomou coragem e cantarolou a letra de uma canção gravada por
ela num disco meio rock’n’roll. “Cala a boca, esquece essa porcaria”, gritou-lhe ela.

A outra quase termina mal também. Ele havia acabado de ensaiar num festival e deparou-se com Elis. Envergonhado, abaixou a cabeça e saiu andando. “Mineiro não tem educação, não? Quando é de manhã, você deve dizer bom dia, à tarde, boa tarde, e à noite, boa noite”, disparou Elis. O cantor se desculpou e ganhou dela o endereço de sua casa e um pedido. “É para você vir cantar aquela música da festa.” A amizade começou na primeira visita. Elis gostou de uma composição, “Canção do Sal”, que posteriormente foi registrada por ela.

Quando viu Maria Rita cantando, foi inevitável não se remeter a Elis. Na platéia do show dela no Mistura Fina, no Rio, em abril, Milton parecia não crer no que via. Caiu no choro. “Pensei: ‘Minha nossa, estou vendo a Elis na minha frente. Os trejeitos, as brincadeiras que ela faz no palco’. Acho que é o gene”, diz ele, que no início discordava dos que apontavam semelhanças entre as duas. Ao fazer um número com ela, a sensação também lhe tomou conta. “Naquele momento, parecia eu e Elis.” E caiu no choro.

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 200
ENQUETE
Chiquinho Scarpa
procura por namorada
na Internet.
Você acha que
ele encontrará?
:: VOTAR ::
 
QUEM SOU EU?
 
FÓRUM
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
TESTE
Você é Beijoqueiro ?
Engana-se quem pensa que beijo não define uma conquista. Descubra se você domina a arte de seduzir com os lábios!
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três