Veja também outros sites:
Home •• Revista  
Entrevista

03/03/2003

   
Alessandra Piedras

“Enquanto o mundo se prepara para uma guerra de cobiça, aqui estamos preparando a guerra da alegria”, diz

 
CONTINUAÇÃO

Em 40 anos, qual
foi o seu Carnaval
mais marcante?

Teve medo
de morrer?

A motivação
hoje é a mesma?

 

Joãosinho Trinta
“Carnaval é o inusitado”
O polêmico carnavalesco completa 40 anos
de carreira, diz que o jogo do bicho salvou o Carnaval e conta como sua vida mudou após sofrer uma isquemia cerebral

Luís Edmundo Araújo

 

O lado direito do corpo está paralisado desde a isquemia cerebral sofrida em 1996, mas é com desenvoltura que o carnavalesco Joãosinho Trinta circula pelo barracão da Acadêmicos do Grande Rio, escola que defende há dois
anos. Afinal, a rotina de preparar um desfile de escola de samba acompanha há 40 anos o filho da operária Júlia Jorge Trinta e do mestre de obras José de Almeida Trinta, morto quando Joãosinho tinha 2 anos.

Antes de fazer história ganhando cinco Carnavais seguidos,
de 1974 a 1978, no Salgueiro e na Beija-Flor, o maranhense
de São Luís realizou o sonho de ser bailarino do Teatro Municipal cinco anos após sua chegada ao Rio, em 1951, sozinho num navio. Hoje, ele tem uma explicação bem-humorada para sua ligação com a maior festa popular do
Brasil. “Nasci em novembro. Portanto, fui concebido em fevereiro. Sou filho do Carnaval.”

Em 40 anos, qual foi o seu Carnaval mais marcante?
O de 1989 na Beija-Flor, com o enredo Ratos e Urubus.
Apesar de não ter ganho (a Beija-Flor perdeu o título para a Imperatriz Leopoldinense por meio ponto), as pessoas me
falam desse desfile até no Exterior. Ter entrado para a
história compensa. Lamento somente ter esquecido de
mostrar o lixo de algum jurado do desfile, porque mostrei
os lixos de diversos setores da sociedade.

Naquele ano, a Beija-Flor saiu com uma imagem do Cristo Redentor coberta por ordem da Justiça. O que
acha dessa nova polêmica da escola, que queria
mostrar Jesus atirando no diabo?

Não tomei conhecimento, mas posso perguntar: será
que não estão querendo reeditar a polêmica?

Ultimamente seus desfiles não causam tanta
polêmica. Por quê?

Nunca busquei sensacionalismo. Ele surge de vez em quando, mas a intenção não é essa. É claro que se busca no Carnaval o inusitado, algo que possa surpreender como o astronauta sobrevoando a avenida no último desfile da Grande Rio. Mas a polêmica quem faz são os outros.

O apoio de empresas ao desfile tirou a identidade
do Carnaval?

Esse tipo de pensamento é romantismo barato. Como manter um espetáculo grandioso sem estrutura? Quem fala isso nunca assistiu a um desfile de escolas do quinto grupo nos subúrbios. As escolas cariocas não são apenas as da Marquês de Sapucaí que a tevê mostra. Para mostrar tem de ser um espetáculo internacional, precisa estrutura. A Grande Rio está dando um exemplo de como trabalhar com a colaboração de empresas sem se deixar influenciar pelo merchandising.

De que forma isso ocorre?
Esse ano a Vale do Rio Doce está colaborando com a escola, mas tivemos cuidado de evitar merchandising no desfile. Não precisa. A mineração no Brasil é um assunto vasto. É só
saber fazer, porque não dá para dispensar o apoio das empresas. Só com a verba que a Liga das Escolas de Samba repassa hoje, fica difícil de fazer, com o dólar disparando. Algumas escolas podem ter exagerado no merchandising em outros desfiles, o que gerou comentários.

A frase “pobre gosta de luxo, quem gosta de miséria é intelectual”, afinal, é sua ou do jornalista Elio Gaspari?
Me arrependo de não ter guardado um artigo do Elio
Gaspari no jornal no ano passado, em que ele deixava
claro que a frase é minha.

1 | 2 | 3


Comente esta matéria
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 187
ENQUETE

Na sua opinião,
quem será a musa
do carnaval 2003?

Deborah Secco
Luisa Mell
Daniela Sarahyba
Manuela Saadeh
Quitéria Chagas
Luma de Oliveira
Luciana Gimenez
Luiza Brunet
Adriane Galisteu
Ivete Sangalo
Daniela Mercury
Gil

:: VOTAR ::
 
FÓRUM
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
TESTE
Inteligência Sexual
Quanto mais uma pessoa entende de sexo, mais satisfação na cama ela tem
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três