Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

27/01/2003

   
 
André Durão
As cartas são catalogadas pela
mãe do ator

 

Revelação - Bruno Gagliasso
Frutos do sucesso
No ar em A Casa das Sete Mulheres, o
ator é galã entre as adolescentes, recebe
duas mil cartas por mês e, aos 20 anos, já comprou um apartamento e um Audi-A3

Carla Felícia

 
André Durão
Sem namorada, ele reclama que a fama afasta as meninas. “Sou o Bruno de sempre, vou à praia, à padaria. Se eu ficar em casa, vão me ver como uma estrela, o que eu não sou”

Três anos atrás, Bruno Gagliasso quase deixou escapar a chance de se tornar um dos atores mais cobiçados da tevê. Ele relutou em aceitar o convite para estrear na novela Chiquititas (SBT) porque, naquele momento, considerava mais importante montar sua primeira peça de teatro. Também não queria morar sozinho na Argentina, onde a história era gravada. Mas acabou cedendo e deu o primeiro passo para chegar ao sucesso que experimenta hoje, aos 20 anos: é um dos campeões de cartas da Globo, está na minissérie A Casa das Sete Mulheres, e foi convidado por Raul Cortez para subir aos palcos numa peça produzida por ele. “Estou em estado de êxtase, comecei o ano com o pé direito.”

A popularidade de Bruno entre as adolescentes pode ser medida pelas caixas cheias de correspondência espalhadas pelo apartamento onde mora com a família. “Ele recebe mais de duas mil por mês”, diz Lúcia, mãe do ator. Nas horas vagas ela vira secretária do filho, cadastra as fãs num arquivo e responde cartas. “Mas faço questão de assinar todas”, diz ele, que também ganha presentes. “Já recebi
uma cueca cheia de beijos de batom e um urso Puff
gigante que está na sala.”

A carreira dele começou aos 14 anos, em um curso de teatro. Aos 17, foi para Buenos Aires e lá ficou um ano gravando Chiquititas. “Morar sozinho me fez dar valor às pequenas coisas, como chegar em casa e ter alguém para conversar.” A saudade da família foi o maior desafio. Bruno vinha ao Brasil duas vezes por mês e gastava mais de R$ 2 mil de telefone. A volta aconteceu em 2000. Pouco depois, recebeu o convite do diretor Jorge Fernando para participar da novela As Filhas da Mãe, em 2001. “Quando surge uma pessoa com uma coisa extra no olhar, quem trabalha no meio percebe no ato. Vi o Bruno em Chiquititas e sabia que tinha uma carreira brilhante pela frente”, diz o diretor, que promete escalá-lo para seu próximo trabalho.

Com o fim da novela, Bruno voltou para o teatro e sumiu da tevê. Justamente nessa época, tornou-se um dos campeões de cartas da Globo. “Foi engraçado, achava que só protagonista de novela conseguisse isso.” Ele trocou o telefone de casa duas vezes e, lição aprendida, tirou o
novo número da lista telefônica.

Até hoje ele se surpreende com as fãs. Certa vez, quando encenava a peça Aonde Está Você Agora, Bruno e os colegas sorteavam alguém para jantar com eles ao fim do espetáculo e a adolescente escolhida não segurou a emoção. “Quando apontei para a menina, ela caiu dura”, conta. “Deu desespero porque queria socorrê-la mas não podia. Se descesse do palco, as outras 500 meninas na platéia iam me agarrar.” Mais do que fãs, a curta e bem-sucedida carreira rendeu a ele patrimônio. O ator está terminando de pagar o apartamento de três quartos na Barra da Tijuca onde mora e fez sua primeira extravagância: comprou um Audi-A3.

Na minissérie, Bruno protagonizará em breve uma cena de sexo e aparecerá nu. Na vida real, ele mostra que também
é um sedutor. “Adoro dar beijo na boca”, diz. Mas, sem namorada há dois meses, o ator reclama que a fama afasta as meninas. “Sou o Bruno de sempre, vou à praia, à padaria. Se eu ficar em casa, vão me ver como uma estrela, o
que eu definitivamente não sou.”

 

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 182
ENQUETE
Você acha que a direção do concurso Miss Brasil agiu corretamente ao liberar Joseane de Oliveira para
participar do BBB3?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
TESTE
Inteligência Sexual
Quanto mais uma pessoa entende de sexo, mais satisfação na cama ela tem
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três