Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

25/11/2002

   
 

Ranking do Silicone 2002
Clique nos nomes
para saber mais

01º Syang 300ml
02º Dani Bananinha 250ml
03º Deborah Seco 235ml
04º Daniela Winits 235ml
05º Vera Fischer 225ml
06º Joana Prado 220ml
07º Carla Perez 215ml
08º Daniela Freitas 210ml
      Alessandra Scatena
      200ml
       Manuela 200ml
       Kelly Key 200ml
09º Natália Rodrigues
       195ml

10º Luiza Brunet 190ml
       Virna 190ml
       Suzana Alves 190ml
       Gretchen 190ml
        Cristiana Oliveira
      190ml
       Sheila Mello 190ml
11º Andréia Sorvetão
      180ml
12º Luma de Oliveira
      175ml
      Patrícia Silveira 175ml
13º Xuxa 150ml
        Eliana 150ml
       Leila 150ml

 
Leia mais
Be-a-bá do silicone
Armas contra
a gordura
Saúde - Os perigos do Lipostabil

 

Especial

Patrícia Silveira
175 ml
Com implante de silicone, modelo da cerveja Antártica realiza sonho de ter “peitão”

Valério Trabanco/The Girl
Clique na imagem para
vê-la ampliada

Uma das maiores candidatas a musa do verão 2002, a modelo gaúcha Patrícia Silveira – protagonista do comercial da Antártica – diz que a melhor coisa que já fez na vida por ela mesma foi ter colocado silicone. “É maravilhoso, especialmente quando coloco um biquíni. Não
me arrependo. Pelo contrário, adorei”, afirma Patrícia, 22 anos,
que colocou uma prótese de 175 ml em cada seio, no final do ano 2000, em uma clínica em Porto Alegre, pouco antes de mudar-se em definitivo para São Paulo e investir na carreira de
modelo. “É um sonho de toda mulher ter peitão. Eu queria
ter um pouquinho mais do que tinha, tanto que não
coloquei muito”, conta. De malas prontas para embarcar
no início de 2003 para Nova York, onde retomará sua
carreira de modelo internacional, Patrícia diz que a única lembrança desagradável da cirurgia foram as noites
de sono nas semanas seguintes: “Não dava para dormir
de bruços. Doía muito”, conta.

Leila
150 ml
Atleta superou temor das próteses e
diz que hoje não sente impacto da bola

Leandro Pimentel
Clique na imagem para
vê-la ampliada

Desde os 15 anos jogando vôlei, Leila construiu um corpo perfeito nos treinos diários nas quadras. Até abril de 2001, contudo, a jogadora nutria uma frustração com suas formas por causa de um detalhe. “Queria olhar no espelho e me achar bonita, mas faltava um recheio”, diz ela, referindo-se aos seios. A decisão de implantar silicone, adiada diversas vezes por medo de machucá-los durante um jogo, foi tomada depois que algumas companheiras, como Virna, submeteram-se à cirurgia. Hoje, com próteses de 150 ml, Leila, 31 anos, até vê vantagens nos seios turbinados na profissão. “Não sinto muito o impacto de tomar uma bolada”, conta. Ela se diz
uma nova mulher. “O atleta é assexuado por ter músculos. Fiquei muito mais sensual”, diz ela.

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 173
FÓRUM
 
ENQUETE
Com quem você
acha que Pedrinho
deve ficar?
:: VOTAR ::
 
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua novela preferida
JOGOS
Monte sua alma-gêmea e ganhe um papel de parede para seu computador
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três