Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

14/10/2002

   
 
Folha Imagem
Em missa do padre Marcelo Rossi, dia 29 de setembro, em São Paulo, o político faz careta para o “banho” de água benta
Serra ainda como ministro: seguindo os passos de FHC
André Dusek
Com o ministro da Fazenda Pedro Malan: divergências dentro
do governo FHC
Givaldo Barbosa/ O Globo
Em 2001, como ministro da Saúde, no anúncio da campanha contra a aids no Carnaval
Leia mais
Ricardo Stuckert Capa -Lula busca alianças

 

Capa / Serra
Serra quer zerar a eleição
continuação

Juliana Lopes

 
Alan Marques/ Folha Imagem
Em 1998, a primeira-dama Ruth Cardoso cumprimenta Serra na posse do Ministério da Saúde

“Chamar para conversar” significa, para Aníbal, colocar os pingos no is em críticas que a campanha petista fez a Serra, atrelando-o às mazelas por que passa o País atualmente. “Não tivemos tempo de esclarecer muito do que o PT falou sobre o governo. Com um debate entre duas pessoas vamos poder mostrar mais o que quisemos dizer e não pudemos”, explica Aníbal. Além disso, a campanha tucana pretende passar um pente fino no programa de governo de Lula: bater na tecla de que o partido deve esclarecer o eleitor sobre como vai cumprir algumas promessas, como a de dobrar o valor do salário mínimo. Para isso, utilizará a vitrine do horário político gratuito, que retorna 48h após a proclamação do resultado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A previsão é que os novos programas – deverão ser 12 – sejam veiculados a partir da quarta-feira 9 ou quinta-feira 10. No rádio e na tevê, Serra terá 10 minutos de manhã e 10 à noite para tentar conquistar eleitores até o domingo 27, data em que se realiza a eleição de segundo turno.

Em 1995: encontro com o futuro concorrente,
Ciro Gomes

DEBATE DIRETO O deputado Michel Temer, presidente nacional do PMDB, que também apóia a candidatura tucana, acha que já a partir de segunda-feira 7 deve-se tornar o debate mais direto. “Até agora foi muito difuso”, resumiu. “Boa parte do PFL está conosco e contamos com os votos de quem aprovou o governo FHC”, disse. Segundo Temer, o PSDB e o PMDB tiveram acesso a pesquisas que mostraram que o governo de Fernando Henrique foi avaliado entre ótimo e bom por 25% dos entrevistados. Está aí um nicho a ser melhor explorado neste segundo turno. “Quem aprovou FHC vai votar em Serra”, aposta o peemedebista.

Gilberto Alvez
Em 1990, Serra se reelegeu deputado federal, o mais votado de São Paulo

A estratégia de cordialidade aparente entre os partidos tende a continuar. Embora o publicitário Nelson Biondi, responsável pela campanha tucana ao lado do marqueteiro Nizan Guanaes, confirme o que Aníbal disse sobre “confrontar posições”, não se fala em ataques abaixo da linha da cintura. “Queremos ganhar no debate de idéias. A tevê continua sendo nosso principal veículo de atuação. Até agora foi um jogo de xadrez cirúrgico, com movimentos milimétricos. Não vamos pôr isso a perder”, afirma Biondi. Na sexta-feira 4, a equipe de criação da campanha de Serra marcou uma reunião com os publicitários para pôr no papel a estratégia tão logo a totalização dos votos estivesse concluída. Biondi também reforça a idéia de “segunda eleição” a partir da segunda-feira 7: “Tudo muda porque cada voto vale dois. Cada vez que você consegue um voto, está tirando um do adversário. Até agora ficamos planejando exaustivamente como tirar cada voto de cada um dos adversários. Agora o caminho é só contra um”, diz Biondi.

1 | 2 | 3

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 167
FÓRUM
 
ENQUETE
O novo namorado de Vera Fischer tem 36 anos, estuda Educação Física e espera um convite para trabalhar como técnico de futebol. Você acha que o romance vai
se firmar?
:: VOTAR ::
 
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua novela preferida
JOGOS
Monte sua alma-gêmea e ganhe um papel de parede para seu computador
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três