Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

26/08/2002

   
 
Fotos: Site www.menudonline.hpg.ig.com.br
Ray
Divorciado, 32 anos, pai de um menino de 5, dirige shows em seu bar “Unplugged”, em Porto Rico, onde canta e faz narração de filmes publicitários
Fotos: Site www.menudonline.hpg.ig.com.br
Robby
Casado, 32 anos, pai de um menino de 7, gravou discos solo, estrelou filmes, entre eles Salsa, e produziu os últimos três discos de Ricky Martin
Fotos: Site www.menudonline.hpg.ig.com.br
Roy
Separado, 32, pai de dois meninos – 11 anos e 8 meses – trabalha como corretor de imóveis em San Juan, Porto Rico
Fotos: Site www.menudonline.hpg.ig.com.br
Ricky Martin
Aos 30 anos, é o mais bem sucedido do grupo. Seus dois últimos discos venderam mais de 10 milhões de cópias. A canção“La Copa de La Vida” foi eleita em mais de 20 países como hino oficial da Copa do Mundo da França em 1998. Ganhou o Grammy em 1999 como melhor intérprete pop latino e cantou em dueto com Madonna a canção “Cuidado con mi Corazón”
Fotos: Site www.menudonline.hpg.ig.com.br
Charlie Massó
Aos 33, ator galã da emissora mexicana Univisión fez um calendário de fotos sensuais, estrelou o musical Grease em Miami, é casado e pai de dois filhos

 

Por onde andam
Os eternos menudos
Que rumo tomaram os garotos do Menudo,
banda adolescente que foi febre mundial no início dos anos 80

Juliana Lopes

 
Prensa Três

Há 16 anos, 200 mil pessoas, a maioria meninas pré-adolescentes levadas pelos pais, espremiam-se no estádio do Morumbi, em São Paulo. Eram cinco os motivos: Roy Rosselló, Robby Rosa, Ricky Martin, Charlie Massó e Ray Reyes. Os porto-riquenhos cantores e dançarinos da formação de maior sucesso do grupo Menudo, a primeira boy band, febre mundial entre crianças e público juvenil. “Foi a maior emoção da minha vida”, disse Roy a Gente, de Porto Rico.

Aos 32 anos, ele trabalha como corretor de imóveis com o pai. Ray, 32, dono de um bar de música ao vivo, narrador de filmes publicitários (Coca-Cola e cervejas) e ex-produtor de uma banda chamada Projecto M, concorda com o amigo: “Nunca vou me esquecer daquela noite”, disse o menudo, vocalista do sucesso “Quiero Ser”. Os outros, em graus variados, continuaram na carreira artística: Ricky Martin, o mais famoso, é cantor pop nos Estados Unidos. Robby foi ator, cantor e produtor dos três últimos discos de Ricky. Charlie é hoje um ator sexy de novelas mexicanas.

Por telefone, quase não se reconhece a voz dos Menudos, grupo criado em 1977 e grande sucesso do início dos anos 80. No Brasil, o auge foi em 1984, quando eles venderam 1,5 milhão de discos. Ao longo de 20 anos de existência e diversas formações, as vendas alcançaram 20 milhões de cópias. Roy ainda tem um jeito adolescente de falar, mas a voz grossa de Ray é irreconhecível. Os dois moraram por quase dez anos no Brasil, durante a década de 90, praticamente anônimos. As garotas dos fãs-clubes, fiéis perseguidoras até hoje, dizem saber na ponta da língua o que aconteceu com cada um deles. “Roy casou-se quatro vezes”, garante Luciana Gouvêia, 30, que montou o site Menudonline. “Casei com várias”, resume o ex-menudo, que só fala sobre a união de 1994 com uma cantora brasileira, cujo nome não quis revelar.

“Tive uma missão e isso me desenvolveu espiritualmente”, diz Roy. “A mulher com quem casei tinha uma filha com uma doença mental grave (síndrome de Angelman) e eu a levei para ser tratada em Miami. Hoje agradeço a Deus por ela estar bem e porque sou o que sou devido a essa criança”, conta. Separado, pai de dois meninos com seu nome – o de 11 anos chama-se Roy Stephani e o de 8 meses, Roy Valentino –, ele ainda sonha em se casar com uma brasileira. “Não tem mulher como essa, são as mais alegres e lindas. No próximo Carnaval vou à Bahia buscar uma baiana”, promete.

Ray, divorciado há 10 meses, pai de Marcos Alejandro, 5, também tem planos no Brasil. Quer repetir a turnê Reencuentro, de 1998, na qual os ex-menudos se apresentaram por vários países, mas não em terras brasileiras. “Estamos devendo isso às fãs”, diz. A idéia, segundo Roy, é falar com um produtor musical brasileiro de peso ou com o apresentador do SBT Gugu Liberato, que os conhece. Enquanto nada é acertado, os dois se encontram em San Juan, Porto Rico, onde moram. E vez ou outra ainda lhes vem à cabeça o refrão de “Não se Reprima”, primeiro grande sucesso da banda.

Comente esta matéria
Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 160
ENQUETE
Maria Aparecida Pellegrina é a primeira mulher a presidir o Tribunal Regional do Trabalho de São
Paulo. Você acha
que ela conseguirá resgatar a imagem da instituição após o escândalo de Lalau?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
Após renunciar a seus mandatos, os ex-senadores Antônio Carlos Magalhães, José Roberto Arruda e Jáder Barbalho devem voltar ao Congresso nas próximas eleições. O que você pensa
a respeito?
sua opinião
 
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua novela preferida
JOGOS
Monte sua alma-gêmea e ganhe um papel de parede para seu computador
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três