Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

05/08/2002

   

Sucesso
A virada de Deborah Secco
A atriz emagrece dez quilos, implanta 235 ml de silicone em cada seio e festeja nova forma física enquanto faz dois filmes e se prepara para voltar às novelas

Eduardo Minc

Fotos: André Durão
A atriz sentiu-se incomodada ao gravar uma cena de biquíni na novela Vira Lata, em 1996. “Entendi que para interpretar com tranqüilidade, precisava estar bem fisicamente”, diz ela.

São 50 kg em 1,64 metro de altura. Com apenas 6% de gordura no corpo e músculos bem definidos, Deborah Secco, 22 anos, exibe uma plástica irretocável e invejada por muitas mulheres. Quantas não sonham ter as medidas da atriz. Mas, se para muitas ter um corpo escultural seria a pura tradução da felicidade, para Deborah é apenas um dever do ofício. “Se eu fosse dentista, seria uma gordinha feliz. Teria as minhas celulites em paz”, diz ela. Na verdade, se dependesse de Deborah, ela dormiria de maquiagem, não se submeteria a regimes e nem seria escrava de ginásticas. Ainda adolescente, porém, a atriz percebeu que, para ser global, não é possível levar a vida assim. Em 1996, quando atuava na novela Vira Lata, Deborah sentiu-se incomodada com seu corpo ao gravar uma cena de biquíni. Naquele momento, percebeu que sua profissão também lhe exigia boa forma, além do talento. “Entendi que para interpretar com tranqüilidade, precisava estar bem fisicamente.”

Somente no início deste ano, porém, depois de sofrer uma disfunção hormonal por conta do uso de anticoncepcionais e chegar aos 60 kg, ela decidiu mudar radicalmente. Cumprindo à risca uma promessa feita nos primeiros dias de 2002, começou em janeiro o regime que mudou todos seus hábitos alimentares (leia quadro) e passou a ter uma rotina disciplinada de ginástica. Sua determinação era tanta que ela resistia, sem angústia, aos potes repletos de chocolates espalhados por seu apartamento. “Para mim eram enfeites”, diz ela, que, no entanto, sonhava devorar pizzas e brigadeiros. “Até sanduíche de avião, que é uma droga, era meu sonho de consumo.” Após emagrecer 10 kg em quatro meses, ela se deu um presente: implantou 235 ml de silicone em cada seio. “Depois do regime saquei que meu peito estava gerando um desequilíbrio estético”, explica. “O peito foi um prêmio para mim, o bombom que não comi durante a dieta.”

Em breve, todos poderão conferir em detalhes o resultado de tanto sacrifício. Ela estampará a capa da edição de agosto da Playboy. Posando sem roupa pela segunda vez, Deborah diz não ter pudores com a nudez. “Já fiz cenas de nu na tevê, então por que não fazer ganhando uma grana”, pergunta, ao afirmar que seria “hipocrisia” não admitir que aceitou o convite por dinheiro. Para Deborah, fazer uma cena de nu com outro ator na tevê lhe causa mais constrangimento do que um ensaio. Também não se incomoda com os comentários a cada vez que a revista chega às bancas. “Quando fiz uma cena de nu na tevê, andei na rua no dia seguinte sabendo que todo mundo podia ter visto”, lembra.

Próxima >

Comente esta matéria
Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 157
ENQUETE
O senador Gerson Camata, marido de Rita Camata, candidata a vice de Serra, queixa-se que ela sumiu de casa e o filho de dois anos chora muito a sua falta. Você acha que ela deveria renunciar à candidatura?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
Paulo Coelho foi eleito membro da ABL por estar na lista dos mais vendidos em todo o mundo, mas a crítica sempre perseguiu o mago. E você? Lê Paulo Coelho? O que pensa a respeito? Dê sua opinião
 
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua novela preferida
JOGOS
Monte sua alma-gêmea e ganhe um papel de parede para seu computador
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três