Veja também outros sites:
Home •• Revista ••Diversão & Arte  
Diversão & arte - Televisão

24/06/2002

   

Novela
Esperança
Benedito Ruy Barbosa tem a missão de repetir o sucesso
de
Terra Nostra e O Clone

Mariane Morisawa


Fotos: Divulgação
Esperança: ritmo mais lento e ecos de Terra Nostra na nova trama das oito

Saem Leo, Lucas, Mel e Jade. Entram Toni, Maria, Camilli e Nina. Mas poderiam ser Matteo, Giuliana e Paola. Não há como negar: Esperança, de Benedito Ruy Barbosa, que substitui a bem-sucedida O Clone no horário das oito, se parece com Terra Nostra. E ainda tem ecos de O Rei do Gado e Os Imigrantes, do mesmo autor. Resta saber se Esperança repetirá o sucesso de Terra Nostra, a novela mais vendida pela Globo até hoje.

Esperança também compete com uma antecessora de peso. Já na estréia, na segunda-feira 17, o público que estava acompanhando a novela de Glória Perez deve ter levado um baque. Sem gritaria, aquele monte de personagens e os diversos núcleos completamente diferentes, a nova atração pareceu monótona. Vai ser preciso entrar no ritmo de Benedito Ruy Barbosa – quem viu suas outras novelas sabe que é assim, os personagens e as tramas vão se apresentando aos poucos.

Contribui para isso a direção cuidadosa de Luiz Fernando Carvalho. O diretor gosta dos travelings e aproximações lentas de câmera, que vão revelando o clima dos ambientes e dos personagens. Tanto que mandou que as casas da cidade cenográfica tivessem interiores, para que não precisasse cortar quando alguém entrar por uma porta.

Além da qualidade comprovada do trabalho de Benedito e Luiz Fernando, o elenco é bom motivo para ficar ligado. Difícil reunir numa novela gente de talento como Fernanda Montenegro, Raul Cortez, Antonio Fagundes e Othon Bastos. O duro vai ser agüentar o sotaque italianado, com muitos “amore mio” pronunciados até o final. Se conseguirem ultrapassar essa barreira, Toni, Camilli e Nina podem reprisar o sucesso de Matteo, Giuliana e Paola e até de Leo, Lucas e Jade. No primeiro dia, marcou 47 pontos no Ibope, mesma audiência da estréia de O Clone. Terra Nostra 2

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 151
 
ENQUETE
Thomas Green Morton conseguirá ganhar o desafio milionário do mágico americano James Randi?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O psicoterapeuta Ari Rehfeld diz que confinamento de reality show pode levar participantes à depressão e que o ponto em comum entre eles é a carência afetiva. O que você pensa a respeito? Dê sua opinião
 
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua novela preferida
JOGOS
Monte sua alma-gêmea e ganhe um papel de parede para seu computador
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três