15 de novembro de 1999
Home
Home
Semana
Diversão e Arte
Outras Edições
Fale Conosco
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Busca



Fernando Morais - de Paris

O juiz de Pinochet está de olho nos militares brasileiros
Baltasar Garzón tem correspondência do ex-presidente Figueiredo com ditadura chilena

Dom Quixote ataca de novo. Baltasar Garzón, o incansável juiz espanhol que há um ano mantém preso em Londres o ex-ditador chileno Augusto Pinochet, agora está de olho no Brasil. Depois de receber denúncias de familiares de presos políticos desaparecidos ou torturados durante a ditadura militar, o juiz já relacionou 11 nomes de militares brasileiros envolvidos na chamada “Operação Condor”, que uniu os serviços de inteligência militar do Chile, Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai na “guerra suja” contra adversários daqueles regimes. No meio da montanha de documentos acumulados aparece com destaque a correspondência trocada entre os generais Manuel Contreras Sepúlveda (chefe da Dina, o serviço secreto militar do Chile) e João Batista Figueiredo (sucessivamente chefe do Gabinete Militar de Médici e chefe do SNI de Geisel). O general Contreras já se encontra há quatro anos cumprindo pena em uma prisão militar do Chile. Há poucos dias, Garzón pediu a suspensão das imunidades de Marcello Dell’Utri, deputado italiano ao Parlamento Europeu e um dos principais executivos do império do ex-premiê italiano Silvio Berlusconi. Garzón quer levar Dell’Utri ao banco dos réus sob a acusação de colaboração com a Máfia e de corrupção na implantação das emissoras de tevê a cabo de Berlusconi na Espanha.

Baco vai ao Incor
Mais uma boa notícia para os devotos de Baco. A divisão de pesquisas do Instituto do Coração, em São Paulo, encerrou com resultados surpreendentes uma experiência realizada com ratos em laboratório. Mantidas durante semanas com doses cavalares de alimentos de altíssimo teor de colesterol, algumas das cobaias foram submetidas a uma dieta do equivalente a duas taças diárias de vinho tinto. Em poucas semanas, os pesquisadores descobriram que, em 80% dos camundongos que consumiram vinho, as taxas de colesterol voltaram a níveis normais.

Rolim longe da política
Foto: Calé
Os caciques do PMDB, do PFL e do PTB podem tirar o cavalo da chuva. O Comandante Rolim, o homem da TAM, decidiu que não será candidato a prefeito de São Paulo. Um dos convites vinha acompanhado de estado-maior de campanha e equipe de governo.

Incertezas de Duda
O insucesso de Duda Mendonça à frente da campanha de Eduardo Duhalde, o derrotado candidato peronista à Presidência da Argentina, parece ter sujado por um bom tempo o pesqueiro dos marqueteiros brasileiros no Mercosul. Pelo menos três produtoras verde-amarelas que pretendiam fazer o segundo turno das eleições presidenciais uruguaias receberam um sonoro “não” dos políticos locais. “Acá nosotros ya tenemos dudas suficientes”, declarou um irônico emissário de Tabaré Vazques, vencedor do primeiro turno no Uruguai. “Estamos interesados en certezas.”

 

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home