15 de novembro de 1999
Home
Home
Semana
Diversão e Arte
Outras Edições
Fale Conosco
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Busca

Leia também:

Televisão

Vila Madalena
Jogo dos Milhões
Como Ser Solteiro
As Aventuras da Tiazinha
Femininos em alta


Cinema

Cartas de um Assassino
O 13.º Guerreiro
Corra, Lola, Corra
Os Picaretas
Tango


Música

Pagode de Mesa - ao Vivo
Temperamental
A volta de Arrigo Barnabé
Alexandre Pires


Livros

Gente do Século - Raul Seixas
A Mulher que escreveu a Bíblia


Exposição

Bienal do Mercosul
Arnaldo Antunes


Teatro

Em Busca da Imperfeição


Internet

Ana Maria Braga
Antonio Nóbrega


TV - Foco

Femininos em alta

Gabriela Mellão

Foto: Divulgação

Desde a estréia do programa Mais Você, de Ana Maria Braga, na Rede Globo, os programas femininos estão em alta. O gênero ganhou fôlego, prestígio e novos concorrentes, quatro deles com estréia ainda em novembro, em horários e emissoras diferentes.
Na Rede Mulher, a proposta é discutir assuntos femininos em horário nobre, às 20h, e longe do fogão. No lugar das receitas, o Nova Mulher prefere falar sobre mercado de trabalho. Ótimas intenções, mas a realização ainda está longe. Na estréia, na segunda 8, as entrevistas sobraram com perguntas mal conduzidas - e, curiosamente, não faltou um dermatologista para falar sobre beleza.

É triste constatar, mas o fato é que não só a estética, mas a trilogia cozinha/moda/beleza continua como essência da maioria dos programas femininos. Ney Marcondes, diretor do programa A Casa é Sua, que estréia dia 15 nas manhãs da Rede TV!, admite a intenção de manter os moldes tradicionais. “Minha meta não é diferenciar. Nosso programa tem tudo o que os programas femininos têm”, diz. A isca da Rede TV! é a jornalista Valéria Monteiro, com o suporte de bonitões como o cantor e apresentador Marcelo Augusto e o modelo e ator Guilherme Linhares.

Até agora, quem chegou mais longe do previsível foi o radialista Paulo Lopes, que ganhou um programa diário e vespertino na Bandeirantes, às 15h30, semelhante ao que faz na rádio Globo AM em São Paulo. Paulo Lopes na TV deixa os apetrechos domésticos de lado e apela para a emoção. Matérias dramáticas, como de filhos desaparecidos, e entrevistas como a do onipresente padre Marcelo Rossi garantiram o sucesso dos 3 pontos de média do Ibope (o Programa Amaury Jr., que estava no horário, alcançava 1 ponto). Outra aposta da emissora é a ex-vereadora e radialista Olga Bongiovanni. Diariamente, a partir do fim do mês, ela não dispensará a cozinha, mas deverá investir mesmo em denúncias e questões de cidadania.

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home