Veja também outros sites:
Home •• Revista ••Diversão & Arte  
Diversão & arte - Televisão

10/06/2002

   

Foco
João Gordo entrevista “seu Ciro”

Silvia Ruiz


Divulgação
Ciro Gomes com João no Gordo a Go-Go: série de entrevistas com presidenciáveis

Nem Roda Viva nem Passando a Limpo. O programa de tevê que mais amedronta os candidatos à Presidência da República não tem nenhum especialista em política nacional no comando. Mas tem o apresentador mais desbocado, imprevisível, polêmico e engraçado da tevê: João Gordo. A partir da segunda-feira 10 o Gordo a Go-Go (MTV, 23h) vai exibir o primeiro programa da série “Presidenciáveis”. A MTV enviou fitas de programas anteriores com celebridades como Caetano Veloso para convencer os candidatos a se sentar no cenário sadomasoquista e encarar as perguntas do Gordo. Vale lembrar que João já perguntou a Caetano se ele era bígamo – devido à amizade de sua mulher, Paula Lavigne com Paula Burlamaqui –, pediu para apalpar os seios de silicone de Narcisa Tamborindeguy e perguntou ao palhaço Bozo se ele cheirava cocaína antes de apresentar seu programa infantil.

De olho no voto dos jovens, o primeiro a topar a entrevista foi Ciro Gomes. “Achei que não deveria vir de terno”, disse o candidato do PPS no início da gravação do programa na quarta-feira 29. João, com seus inúmeros piercings, boné e óculos escuros, disse que se sentia honrado em recebê-lo. Logo veio a primeira gozação: “Administrar o Brasil não é coisa para um homem”, disse Ciro referindo-se ao trabalho de equipe. “Como assim? Explica isso direito porque esse programa...”, mandou o Gordo. Chamado de “seu Ciro” pelo apresentador, o candidato revelou que já teve cabelo comprido, que tocou percussão em uma banda de rock e que gosta de tecno e forró. Não demorou para Patrícia Pillar virar tema da conversa: “Qual foi o xaveco que o senhor jogou nela?”. “Não foi xaveco, foi paixão mesmo”, respondeu o presidenciável. Mas João maneirou nos palavrões e piadas e tentou seguir o roteiro do programa, com a ajuda de Cazé, outro VJ da emissora que participou do programa para fazer as perguntas mais sérias. Aborto, drogas, gastos com campanha, soluções para o desemprego, um pouco de tudo o que preocupa o jovem foi questionado. Ao final, Ciro agradeceu e admitiu que sentiu medo antes de entrar no programa.

A MTV agora está em negociação com Lula e Garotinho para as próximas edições. José Serra já disse que não vai, alegando falta de horários livres em sua agenda, segundo a emissora.

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 149
 
ENQUETE
O clima está quente no Big Brother Brasil. As agarrações e palavras picantes acontecem às claras e não mais sob as cobertas. Como você prefere o programa?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
"A polícia do Rio está empenhada em prender Belo, acusado de envolvimento com o tráfico. Mas sua mulher afirma que estão perseguindo o cantor por ele ser famoso e que deviam se preocupar com o traficante Vado. O que você pensa a respeito?" Dê sua opinião
 
 BUSCA

LEIA TAMBÉM
 

Corpo sem travas
Como evitar problemas reumáticos e garantir uma velhice saudável

Método Pilates
A massagem em movimento

Família versus Dinheiro
Saiba como se livrar dos pedidos de empréstimo dos parentes

Olho biônico
Equipe com oftaltalmo brasileiro devolve a visão a um cego implantando chip na retina

• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três