Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

27/05/2002

   
 
Edu Lopes
“Faria tudo de novo, só que com mais maturidade”, diz Thereza sobre o apoio ao ex-marido, Pedro Collor, nas denúncias contra Fernando Collor
• • •
‘‘Rosane nunca foi da minha turma. Não tenho por ela amizade ou afeição’’
Thereza Collor, sobre a ex-cunhada, Rosane Collor
• • •
 
AE
Claudio Versiani
Cenas da
história do brasil
Em 27 de maio de
1992, com o tailleur quadriculado, Thereza entrou para a galeria dos personagens da política brasileira no processo que culminou
com o impeachment de Fernando Collor (ao lado da mulher, Rosane)
 
Leia mais:
Entrevista:
"O sobrenome faz parte da minha história"

 

Capa
Thereza, uma década depois
Há 10 anos ela encantou o País apoiando o marido Pedro Collor nas denúncias que culminaram com o impeachment de Fernando Collor. Hoje, casada com Gustavo Halbreich, Thereza Collor curte os filhos e o segundo marido e diz que o passado é só uma lembrança

Reportagem: Luciana Franca
Foto:s Edu Lopes

 

Nos últimos retoques da produção espanhola que preparava para ir à festa temática da amiga Maria del Pilar Solla Requejo, Thereza Collor foi surpreendida pelo marido, Gustavo Halbreich. Encantado com o figurino e o penteado cuidadosamente escolhidos para transformá-la em uma típica flamenca, ele voltou atrás e aceitou a sugestão da esposa de acompanhá-la na fantasia. Thereza prontamente acrescentou um cinturão e um chapéu à calça preta e à camisa branca do marido. Na entrada da festa, foram confundidos com os músicos que se apresentariam, mais tarde, no palco improvisado. “Nos divertimos muito”, lembra Thereza, o sorriso farto a iluminar-lhe o rosto de pele morena. “As pessoas demoraram a me reconhecer. Falavam: ‘Nossa, ela parece a Thereza Collor, só que mais magra’”, diverte-se.

Não faltam momentos felizes nos últimos três anos da vida de Thereza Collor. Casada há quase um ano com Gustavo Halbreich, empresário paulista do ramo da construção civil, ela comemora ter encontrado um companheiro para todas as horas. Gustavo sabe lidar com manias pouco conhecidas da mulher, como os invariáveis excessos de bagagem das viagens rumo a destinos exóticos da Ásia e África. Apaixonada por antigüidades, Thereza demonstra fôlego de maratonista para percorrer mercados e amontoar na mala pilhas de trajes étnicos. “Tailleurs não têm nada a ver comigo”, garante. “Só uso em ocasiões formais, onde tenho que estar comportada.”

Foi exatamente com um tailleur quadriculado vermelho e turquesa, com saia curtíssima e blazer acinturado, que Maria Thereza Pereira Lyra Collor de Mello entrou para a galeria dos personagens inesquecíveis da história política do Brasil. Teve sua beleza revelada ao País há 10 anos, em 27 de maio de 1992. Deixou o anonimato e o conforto de sua casa no Jardim Petrópolis, em Maceió, para acompanhar o marido, Pedro Collor, na cruzada de denúncias de corrupção que detonaria o processo de impeachment do irmão, o então presidente Fernando Collor de Mello. Na entrevista coletiva em que provaria sua sanidade mental, no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, Pedro teve o papel de protagonista roubado por Thereza. Os repórteres aglomerados à margem da passarela em busca de apenas uma palavra da bela morena de 1,59m e 52 quilos deram a prova irrefutável de que ela conseguira desviar as atenções do ponto central da briga Collor x Collor. Alçada à condição de musa do impeachment, começava a ficar mais importante do que o marido.

 

 

Próxima >

Comente esta matéria
Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 147
 
ENQUETE
Você acha que Felipão tem condições de trazer o Penta?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
A mãe de Raynara, Lucinara diz: “Não dei minha filha para ninguém”. Já a juíza de Manaus defende-se dizendo que os pais praticamente abandoram a menina em sua casa. O que você pensa a respeito? Com quem Raynara deve ficar? Dê sua opinião
 
 BUSCA

LEIA TAMBÉM
 

Quase vice
Henrique Alves, cotado para vice de Serra, teria movimentado US$ 15 mi em paraísos fiscais

Sou, mas
quem não é?
Teste: Você é
cheio de manias?

Imperador
do prazer
Conheça o homem que fez fortunamisturando sexo e empreendimentos

Olho biônico
Equipe com oftaltalmo brasileiro devolve a visão a um cego implantando chip na retina

• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três