Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 134
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

Oscar apresenta o herdeiro
Antes de encerrar a carreira, o maior jogador
do País disputará pela primeira vez duas partidas
ao lado do filho Felipe

Tiago Ribeiro

André Durão
“Felipe arremessa bem de três pontos, é bom no passe, no rebote e na roubada de bola’’ Oscar Schmidt

Quatro meses separam Oscar Schmidt do fim do casamento de 31 anos com o basquete. A partida que marcará o encerramento da carreira do maior jogador brasileiro será em junho, mas a contagem regressiva e os preparativos que antecedem a despedida já começaram. A maior atração virá dos Estados Unidos. Estudante da Admiral Farragut Academy, na Flórida, a mesma de onde saiu o pivô David Robinson, uma das feras da NBA, Felipe Schmidt, 15 anos, filho de Oscar, atenderá ao maior desejo do pai – atuar na mesma equipe do Mão Santa. “Vou ficar nervoso, afinal, nunca imaginei que isso pudesse acontecer”, diz Felipe. “Sempre sonhei com esse momento”, vibra Oscar.

Divulgação/AE - Sergio Borges/ O Globo
Felipe (à dir.) vestirá a camisa rubro-negra 41, alusão à 14 que o pai ajudou a eternizar: “Talvez carregue isso (a pressão da comparação) para a vida toda. Mas só me ajuda a melhorar”.

O presente foi dado pelo Flamengo, clube que o cestinha de 44 anos defende desde 1999. Inscritos em duas partidas válidas pelo Campeonato Nacional, agendadas para o mês que vem, pai e filho mostrarão habilidades distintas. Felipe usará a camiseta número 41 – alusão à 14 que consagrou Oscar. No time da escola, ele veste a 23. Atua como armador e condutor da equipe. “Também arrisco de três pontos, mas prefiro roubar bolas e passar mais”, conta. “Ele arremessa bem de três pontos, é bom no passe, no rebote e na roubada de bola”, elogia Oscar. O herdeiro do recordista mundial de pontos diz que aprendeu a lidar com a comparação com o pai. “Não me importo”, garante. “Só me ajuda a melhorar.”

 

<< ÍNDICE DE URGENTE




Búzios
Quiromancia
Horóscopo chinês
Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Você acha que o senador Eduardo Suplicy e Ana Miranda formam um bom casal de namorados?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
A segunda versão de Casa dos Artistas entrou no ar e, mais uma vez, arrasou a audiência da Globo. Qual é o segredo de Silvio Santos?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três