Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 134
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

25/02/2002

CAPA

“Não transamos”
A dançarina eliminada do Big Brother diz que apenas trocou carícias com o colega Kléber

Eduardo Minc

Jayme de Carvalho Jr.
Na boate People Lounge, onde trabalha como dançarina e ganha R$ 500 por semana: “As pessoas não suportaram me ver com o Kléber (no detalhe)”, diz Xaiane. “Cris dizia que eu era sonsa e os outros afirmavam que eu era vulgar.”

Mesmo antes da estréia do Big Brother Brasil, a dançarina Cristiane Souza Dantas, 26 anos, era uma das apostas da direção do programa para alavancar a audiência do reality show. Xaiane, como é conhecida, tinha todos os ingredientes para chamar a atenção do público: é dançarina de boate, dona de um corpo exuberante e não estava nem um pouco preocupada em ser a menina boazinha do grupo. A moça atendeu em cheio às expectativas. Em duas semanas no ar, Xaiane protagonizou as primeiras cenas debaixo do edredon com o fortão Kléber. Segunda eliminada, ela garante que não está nem aí para a má fama que conquistou entre os participantes e os telespectadores. “Sou eu quem pago minhas contas e não devo satisfações do que faço ou deixo de fazer”, rebate, negando que tenha feito sexo com Kléber. “Não transamos, apenas trocamos carícias”, afirma.

Apresentada pela Globo como uma web-designer paraibana, Xaiane é carioca. Filha de um motorista particular e de uma dona-de-casa, mora sozinha num quarto e sala de um condomínio simples da Barra da Tijuca e não tem carro. Antes de ser uma das atrações do reality show, ela chegou a ter cinco empregos, num deles trabalhava de dia como secretária executiva. Demitida por faltas, ela começa a colher os frutos que os 15 minutos de fama estão lhe rendendo. Fez um ensaio erótico para o site Papparazzo e foi sondada pela Playboy. “Não tenho problemas em posar nua. É um trabalho como outro qualquer”, defende. Xaiane saiu nua na revista Gracie Magazine.

Xaiane continua como dançarina na boate carioca People Lounge, ganha R$ 500 por semana e rebate os comentários de que trabalha como stripper. “Não é nada disso, sou dançarina. É um trabalho duro”, diz. Segundo ela, o dinheiro que ganha dá somente para o aluguel e para abastecer a geladeira. “Meu bem mais precioso é uma bicicleta.”

Mesmo fora da disputa, Xaiane é discreta ao falar dos colegas de grupo. Diz que nunca deu ouvido às provocações e sabe que saiu de lá com a imagem arranhada. “A Cris dizia que eu era sonsa e os outros afirmavam que eu era vulgar”, conta. “Eu era autêntica e fazia o que queria. As pessoas não suportaram me ver com o Kléber”, arrisca.

Leia mais:
CASA DOS ARTISTAS
Silvio tira o ás da manga: 1 | 2 | 3
Participantes:
 
BIG BROTHER BRASIL
Ibope e bebedeira
Caetano diz que Helena tentou seduzi-lo
Xaiane - “Não transamos”

 

Comente esta matéria
 



Búzios
Quiromancia
Horóscopo chinês
Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Você acha que o senador Eduardo Suplicy e Ana Miranda formam um bom casal de namorados?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
A segunda versão de Casa dos Artistas entrou no ar e, mais uma vez, arrasou a audiência da Globo. Qual é o segredo de Silvio Santos?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três