Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 134
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

ARTE CONTEMPORÂNEA

25/02/2002

Ad Infinitum
Jac Leirner mostra 15 anos de produção a partir
de objetos de consumo

Paula Alzugaray

Reprodução
“Os Cem”: arte tirada de notas de dinheiro

Ela diz que tem “cabeça de pintora”. Mas, ao invés de usar tintas e pincéis, a artista plástica paulista Jac Leirner compõe suas “telas” com as cores impressas em sacolas plásticas, maços de cigarros, cédulas de dinheiro, passagens aéreas e adesivos. Para desenhar, substitui o grafite pelos grafismos dos cartões de visita. Há 15 anos colecionando ítens de consumo cotidiano, reunindo-os em séries e atribuindo-lhes nova ordem e significados, a artista mostra que, além de disposição para a pintura, tem um “olhar musical”. É o que transparece do conjunto de 27 obras produzidas entre 1987 e 2002, expostas no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio, na mostra Ad Infinitum.

Organizados em séries, os objetos de Jac Leirner compõem seqüências que sugerem ritmos musicais. “O que faço é música para os olhos”, diz Jac a Gente. “Ritmo, métrica, até letra e rima. Tudo está em meus trabalhos.”

Para a curadora Ligia Canongia, a obra “Hip Hop” (1998), feita de adesivos coloridos dispostos em seqüência, é uma autêntica partitura musical. As “letras” das músicas de Jac aparecem em pelo menos três trabalhos com textos: “Labels” (1994), que são etiquetas de obras expostas no MOMA-NY, “Palavras Roubadas”, extraídas de jargões publicitários, e “O Livro dos Cem” (1987), cartaz de 6 metros que reproduz frases tiradas de notas de cem. Já a rima se apresenta em obras que jogam com a duplicidade, como “Idênticos” (1989), duas séries sobrepostas de sacolas plásticas. Olhar musical

CCBB Rio
Rua 1º de Março, 66, Rio, tel. (21) 3808-2500
Até 28/4




Búzios
Quiromancia
Horóscopo chinês
Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Você acha que o senador Eduardo Suplicy e Ana Miranda formam um bom casal de namorados?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
A segunda versão de Casa dos Artistas entrou no ar e, mais uma vez, arrasou a audiência da Globo. Qual é o segredo de Silvio Santos?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala

 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três