Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 132
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

11/02/2002

SEQUESTRO

Asas da liberdade - CONTINUAÇÃO

J.F.Diório/AE
Olivetto, com Patrícia, no domingo 3, faz mímica para informar que vai dormir: hambúrguer da Forneria San Paolo, da família Fasano, foi o primeiro desejo

Oito quilos mais magro, Olivetto voltou para casa à 0h30 do domingo, no mesmo Ômega do qual foi arrancado. Pediu hambúrguer. o “Forneria cheeseburguer”, R$ 16 não cobrados, (mal passado, com queijo cheddar e pão de massa de pizza), da Forneria San Paolo, da família Fasano. Numa das duas aparições na sacada do prédio, soltou uma pomba presenteada por uma loja de eletrodomésticos. Olivetto planeja viajar para o litoral com a mulher antes de voltar a trabalhar.

“Não sei se o seqüestro entrará no livro e se ele próprio irá escrevê-lo”, disse o escritor Fernando Moraes, que escreve um livro sobre Olivetto e a agência W/Brasil. Ateu, Moraes recorreu a santa Maria Desatadora de Nós. Após o seqüestro do amigo, deixou na portaria do prédio de Olivetto uma medalha da santa. Junto, um bilhete: “Patrícia, querida, nós também não acreditamos em bruxas, mas que elas existem, existem. Espero que essa santa lhe devolva o marido o mais rápido possível”. Patrícia retornou: “Toda noite pego a medalhinha e rezo”. O escritor passou duas horas com Olivetto, segunda-feira 4, e levou uma garrafa de champanhe Veuve Cliquot para brindar a liberdade.

O mestre e suas criações
Washington Olivetto entrou para a publicidade aos 18 anos, como estagiário. Tentara ser músico – estudou acordeão – e jogador de basquete, que abandonou por causa da altura (1,62 metro). Como funcionário da DPZ criou, em 1978, a campanha do garoto Bombril. Em 1986, juntou-se aos sócios Javier Ciuret e Gabriel Zellneister e montou a própria agência. No ano seguinte, criou a campanha da Valisère, na qual uma garota dizia: “O primeiro Valisère a gente nunca esquece”. Também são marcantes as criações dos gordinhos da Embratel (1998) e o cachorrinho da Cofap (1990). No total, Washington ganhou mais de 44 leões no Festival de Publicidade de Cannes e tornou-se o publicitário mais premiado da América Latina.
 
1978 – Garoto Bombril 1987 – O primeiro Valisère
1990 – Cachorrinho da Cofap 1998 – Gordinhos da Embratel

<< anterior

Leia mais:

Asas da liberdade: 1 | 2 | 3 | 4
Comandante Ramiro, o chefe
"A vida sempre foi muito boa para mim"

Comente esta matéria
 



Búzios
Quiromancia
Horóscopo chinês
Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE 1
Quem é a rainha do Carnaval?
:: VOTAR ::
 
ENQUETE 2
Você acha que os participantes do Big Brother Brasil são clones dos integrantes da Casa dos Artistas?
:: VOTAR ::
 
 
FÓRUM
O que você achou do desempenho da polícia na solução do seqüestro de Washington Olivetto?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três