01 de novembro de 1999
Home
Home
Semana
Diversão e Arte
Outras Edições
Fale Conosco
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Busca


Família

Mulher de Brenner troca marido por namorado
Denise Tacto perde a guarda do ator acidentado em 1998 e é flagrada por um fã com outro homem, em vídeo exibido no Programa do Ratinho

Alessandra Nalio

Foto:Piti Reali

No dia 3 de setembro, como fazia com certa freqüência, Cristina, 29 anos, irmã mais nova do ator Gerson Brenner, 39 anos, ligou para a cunhada, Denise Tacto, 27, e pediu autorização para levar o irmão para passar o fim de semana na casa dos pais. Como estava próximo do feriado, Cristina ligou novamente para Denise e pediu que Gerson ficasse até 7 de setembro, uma terça-feira. "Depois disso, ela nunca mais veio buscá-lo", conta Cristina, que comemora o ganho da curatela provisória - tutela do ator e de seus bens - pela família, conquistada por decisão judicial no início de outubro. Segundo o advogado de Denise, Ademar Gomes, 56 anos, sua cliente abriu mão da guarda de Gerson, conquistada em abril deste ano, por "não ter condições de cuidar dele". "A Denise estava psicologicamente abalada com a morte de seu pai, há um mês, por isso achou melhor se separar do Gerson e transferir a guarda definitiva para os pais dele", explica o advogado.

Esse poderia ser o fim das desavenças entre a família do ator e a dançarina Denise Tacto e o início de um acordo sobre quem ficaria com a tutela de Gerson. Tudo aparentemente acertado, não fosse o vídeo que o apresentador Ratinho apresentou em seu programa, na quarta-feira 20. Na gravação, feita por um cinegrafista amador identificado apenas como M.D.C., Denise beijava um homem e depois seguia com ele no Golf verde, placa CJX 2160, de Santo André, de propriedade de Gerson Brenner - o mesmo em que o ator estava quando foi baleado na Rodovia Ayrton Senna, em agosto de 1998.

A cena, vista pela família de Brenner, surpreendeu a todos e deu início a uma série de acusações e bate-bocas. A irmã do ator acusa Denise de abandonar Gerson nas mãos dos enfermeiros. "Toda vez que íamos visitá-lo, ela nunca estava. A fiel companheira do Gerson sempre foi a televisão", reclama. A advogada da família de Brenner, Stania Mara Gregorin, 42 anos, conta que Denise tentou barganhar a guarda de Gerson propondo à família que, em troca do apartamento no Rio de Janeiro, do carro e de uma pensão para Vitória, sua filha de 1 ano com o ator, abriria mão da tutela. "Esta mulher é uma mentirosa e está tentando aparecer às custas dos outros. Minha cliente nunca fez uma proposta dessas", disse exaltado o advogado de Denise. No domingo 24, ela apresentou o namorado para Gugu Liberato, em seu programa Domingo Legal. Ele é o empresário Flávio de Anhaia Melo, dono de uma agência de veículos importados no bairro do Morumbi, em São Paulo. "A Denise resolveu refazer a vida dela ao lado de outra pessoa", afirmou Ademar. Durante a entrevista que deu a Gugu, Denise afirmou que era uma mulher solteira, que não está mais com Gerson e que, por isso, está livre para fazer de sua vida o que quiser, aumentando ainda mais a arenga. Os dois viveram juntos por três anos sem serem casados oficialmente. "Agora ela se diz solteira. Quando ganhou a guarda definitiva de Gerson, foi considerada esposa dele", diz Stania. Procurada por Gente, Denise não quis falar sobre o assunto.

Fã de Gerson Brenner, M.D.C. afirmou, segundo o repórter do Programa do Ratinho, Herbeth de Souza, 32, que tomou a decisão de fazer o vídeo porque ficou sensibilizado com o estado de saúde do ator e indignado com a atitude de sua mulher, Denise, que fora vista por ele várias vezes em bares de São Paulo. Por dez dias ele a seguiu, junto com um amigo, para fazer o filme e algumas fotos. Pela fita, M.D.C. recebeu R$ 2,5 mil do SBT e a ameaça de um processo, por invasão de privacidade, de Denise. "Não acredito que ela foi capaz de fazer isso com meu irmão. Entendo que ela é uma mulher jovem e precisa de carinho e atenção, mas deveria ter saído dessa história com mais dignidade e, principalmente, respeitado meu irmão", comenta Cristina, que foi chamada pela produção do Programa do Ratinho para ver a fita ao vivo. Cristina conta que há alguns meses vinha recebendo ligações anônimas de um homem que contava ter visto Denise acompanhada de um rapaz em vários lugares da cidade, embora não possa afirmar que ele seja o cinegrafista. "Não acreditei porque, apesar de tudo, imaginei que ela o amava."

Segundo Stania, Denise já se encontrava com Flávio há mais de quatro meses. Como prova, ela afirma ter depoimentos gravados dos ex-enfermeiros de Gerson contando que o empresário passava para pegá-la em casa e que era recebido com beijinhos na boca. Alheio aos acontecimentos, Gerson não interrompeu sua rotina diária. Todos os dias ele segue, na companhia de seu pai, o aposentado Arnaldo, 71 anos, para a AACD (Associação de Assistência à Criança Defeituosa), onde faz sessões de fisioterapia, fonoaudiologia e hidroterapia, além de acompanhamento de psicólogos. "Seguramente, ele tem boa capacidade de compreensão para entender tudo o que se passa ao seu redor", afirma o neurocirurgião Jorge Pagura, secretário de Saúde do município de São Paulo, que faz avaliações periódicas no ator.

Envie esta página para um amigoA família já se adaptou à rotina do novo hóspede. A mãe, a dona de casa Alice, 71 anos, é quem cozinha para o filho, enquanto Cristina divide seu tempo entre os cuidados com a higiene do irmão e o trabalho como professora de pré-escola. Em 2000, ela se casa com Alex Sanches, um dos enfermeiros que cuidou de Brenner enquanto ele esteve internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Albert Einstein. O casal planeja morar com os pais do ator para continuar prestando assistência ao irmão. "Não cuido dele por obrigação, cuido porque o amo", diz Cristina.

 

 

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home