Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 123
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

10/12/2001

CAPA

DANIELA FREITAS
A gata do Frota
A mulher do ator descarta qualquer chance de romance entre o marido e Patrícia Coelho, conta como é o bad boy longe das câmeras e diz que, para sua mãe, ele é um anjo

Edwin Paladino

Fotos: Piti Reali
“Patrícia não faz o tipo dele. Ela fala muito e ele acha um saco’’ Daniela Freitas

A paixão está explícita para todo o Brasil nas câmeras do programa Casa dos Artistas. Ultimamente, quando não exibe o torso nu, o ator e empresário Alexandre Frota, 37 anos, desfila pelos cômodos da casa com uma camiseta na qual se lê “Daniela, Eu Te Amo”, em letras coloridas. O sentimento comove tanto companheiros de aventura quanto o público, que torce pelo amor do bad boy. A musa em questão é a modelo Daniela Freitas, 22 anos, casada com o ator há dois, que sofre com a saudade ao mesmo tempo em que torce para Frota sair vencedor. “Ele está sendo honesto. Não é um lobo em pele de carneiro e é verdadeiro”, diz Daniela.

Nos últimos dias, um disfarçado assédio de Patrícia Coelho aumentou a curiosidade em torno de Frota. Ela puxa papo, dança com ele na cozinha e até desenhou um coração para o bad boy. O que Daniela pensa disso? “Tenho um pouco de ciúme”, admite. “Mas Patrícia não faz o tipo dele. Ela fala muito, quer explicar tudo e ele acha um saco mulher que fala, fala e não diz nada com nada.” Daniela afirma não ter nada a temer. “Acho que ela está apaixonada porque ele é apaixonante. Mas é casado comigo e ela não tem a mínima chance.” Nem os comentários sobre falta de sexo incomodam Daniela. “Ele fala aquelas coisas para criar polêmica. Acho que ele está precisando mesmo, mas não quer pegar ninguém lá dentro.”
Frota e Daniela se conheceram há três anos. Reencontraram-se um ano mais tarde num Carnaval fora de época em Sergipe. Pouco tempo depois estavam morando juntos em São Paulo. “Ele foi me buscar em Salvador, onde eu morava, e disse que eu era a mulher da vida dele”, conta Daniela.

Os arroubos são uma marca da relação. Certo dia combinaram de se encontrar às 18h e Daniela se atrasou uma hora. Frota a esperava perfumado, mas furioso. Disse-lhe que se ela continuasse a ser irresponsável era melhor serem amigos. “Brigamos feio e fui para a casa de minha mãe em Santo André”, conta Daniela. “Para deixá-lo encanado, inventei para um amigo dele que havia sido assaltada e estava apavorada. No outro dia ele voltou manso. E entendeu minha mentira porque dessa forma consegui trazê-lo de volta.” O jeito desbocado do namorado não a incomoda. “É natural, minha mãe diz que ele é um anjo.” Antes de conhecê-lo, porém, o pai de Daniela tinha lá suas dúvidas: “Ele me perguntou quem era esse cara que estava sempre nas páginas policiais. Depois ficou surpreso com o jeito doce do Alexandre.”

“Vejo que ele está carente e choro em casa”, diz Daniela, que acaba de estrear na Record no programa do jornalista esportivo Milton Neves 

O bad boy também dá provas de amor. No final do ano passado, Frota foi conhecer uma casa noturna no Guarujá, litoral de São Paulo, e voltou com as iniciais do casal, ADF, tatuadas no braço esquerdo. “Na hora não acreditei, achei que era de henna. Que mulher não gostaria de um presente desses?”, pergunta. Na estréia dela na Band, há três meses, ele encheu os estúdios da emissora de flores. Mandou para a mulher 15 buquês e 15 telegramas. Daniela acaba de se mudar para a Record com o jornalista esportivo Milton Neves no programa dominical Terceiro Tempo, no qual responde e-mails. É a sensação da telinha para os marmanjos fãs de futebol. “Ela é muito alegre, bem articulada, simpática e linda”, elogia Milton Neves.

Justamente por estar na tevê aos domingos à noite, Daniela não tem assistido à Casa dos Artistas no dia em que a atração é ao vivo. Ela grava e vê mais tarde. Mas não perde o programa durante a semana. Quando recebeu o convite do SBT para ficar 45 dias longe de casa, Frota disse a ela que só aceitaria se isso não afetasse o casamento. Daniela concordou, mas chorou na hora do adeus. “Ele não gosta de despedidas, coloquei os óculos escuros para disfarçar, mas ele percebeu quando o carro deu partida”, diz ela, que se emociona quando vê o marido reclamar na tevê de saudade dela. “Vejo que ele está carente e choro em casa.”

Leia mais:

Punk gente boa contra bad boy
Globo prepara Big Brother
“Lá dentro o Supla não é esse anjinho”
O dono da chave

A garota japonesa do Supla

Comente esta matéria
 



Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Quem é o seu personagem preferido de Walt Disney?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
João Kléber diz que o que ele faz no programa Eu vi na TV é terapia de casal. O que você pensa a respeito? Dê sua opinião
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1996/2001 Editora Três