Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 122
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

03/12/2001

ESPORTE

A nova praia de Leila
A musa das quadras estréia no vôlei de praia com um terceiro lugar e diz que o assédio aumentou com fim de seu casamento há quatro meses

Luís Edmundo Araújo e Leandro Pimentel (fotos), de Maceió (AL)

“Foi a melhor coisa que fiz, é superfeminino. Por mais que você tenha o corpo e traços legais, o peito é fundamental. Só a mulher tem”, diz a jogadora, feliz com o implante de 130 ml de silicone

E manhã de sol no sábado, 24, em Maceió. A Praia de Pajuçara ferve com a disputa por uma das vagas nas semifinais do Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia. Enfrentando Alexandra e Tânia, a dupla formada por Sandra Pires e Leila vence, graças sobretudo à atuação primorosa de Sandra, oito anos de praia e medalha de ouro nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996. Na arena lotada, porém, a grande sensação é a brasiliense Leila Gomes de Barros, 30 anos. A musa das quadras superou a insegurança de estreante para começar na areia com um terceiro lugar na etapa de Alagoas do circuito, algo impensável para a própria Leila até recentemente. “Sempre odiei praia. Nunca ia. Deus me livre envelhecer rápido com o sol”, diz a jogadora, que ostenta um bronzeado digno de quem passou os últimos cinco meses treinando durante três horas por dia na Praia do Leblon, zona sul carioca.

As areias são a nova praia de Leila, mas nos últimos meses mudanças importantes também aconteceram em sua vida pessoal. Solteira há quatro meses, depois de seis anos de casamento com o ex-nadador Luís Gustavo Milani, ela está assustada com o assédio, que aumentou desde a separação. “Parece que você vira uma espécie de troféu”, diz. Desde abril, o visual de Leila está turbinado. A jogadora colocou 130 ml de silicone e desfila feliz com a nova silhueta. Na época, ficou irritada com a divulgação do implante, mas hoje não se incomoda em falar sobre o assunto. “Foi a melhor coisa que fiz porque é superfeminino. Por mais que você tenha o corpo e traços legais, o peito é fundamental. Só a mulher tem.” A nova estampa é completada com duas horas diárias de malhação e um corte de cabelo com fios em fase de crescimento. Ainda assim, Leila não se sente à vontade quando exaltam sua beleza. “Nunca aceitei isso, mas é difícil lutar contra. Brasileiro só quer saber de sensualidade.”

Se hoje faz de tudo para fugir de poses sensuais, Leila não tinha esse problema quando começou a jogar vôlei, na escola onde estudava em Taguatinga, cidade satélite de Brasília. Aos 15 anos, a atacante era muito magra e já tinha 1,79m de altura, o que foi motivo de alguns traumas na adolescência. “Parei de ir às festas juninas do colégio porque tinha sempre de me fantasiar de menino”, lembra. “Só voltei quando começaram a entrar garotos mais altos na minha sala.” Os anos passaram e Leila despontou como a musa das quadras de vôlei. Alvo de cantadas, teve de aprender a lidar com o assédio dos fãs e o ciúme do ex-marido. Certa vez, durante um torneio em Campinas, voltava com Luís Gustavo para o hotel onde estavam hospedados e se deparou com o quarto cheio de flores. “Agradeci ao Guga (Luís Gustavo) e ele, enfurecido, disse que não tinha sido ele.”

próxima >>

Comente esta matéria
 



Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Após perder o comando das manhãs globais em que emissora você acha que Angélica deve trabalhar?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O ex-jogador Sócrates defende que o futebol seja jogado com 9 e não com 11 jogadores de cada lado. Para ele isso exige mais criatividade nas jogadas e melhora o jogo. O que você pensa disso?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1996/2001 Editora Três