Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 122
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

03/12/2001

POLÍTICA

ARTHUR VIRGÍLIO
Ministro bom de briga
Novo secretário geral da Presidência da República, o deputado já foi campeão carioca de jiu-jítsu e há seis meses voltou a treinar

Cecília Maia

Fotos: Felipe Barra
Virgílio perdeu 10 quilos desde que voltou a treinar: “Sinto-me cheio de vigor, como quando era jovem”

Se o presidente FHC estava à procura de alguém que defendesse o governo com unhas e dentes, achou a pessoa certa. O novo secretário geral da Presidência da República, ministro Arthur Virgílio, já demonstrou que é bom de briga na tribuna. Agora está revelando um segredo que guardou durante anos: é exímio lutador no tatame também. Ex-campeão carioca e ex-campeão da Taça Guanabara de Jiu-Jítsu, Virgílio resolveu retomar as atividades físicas da juventude para encarar a nova fase de sua vida. Entre um golpe e outro faz planos. Quer ter muito gás para enfrentar o rojão do novo cargo que assumiu, quer ter fôlego para agüentar o corpo-a-corpo da campanha majoritária de seu Estado, o Amazonas, e, porque não, prepara-se para disputar o mundial de seniors de jiu-jítsu em agosto. “Sou determinado e espero sair vitorioso de todos esses desafios”, vislumbra.

Tudo começou há seis meses, a partir de um brincadeira com o amigo Saulo Ribeiro, pentacampeão mundial de jiu-jítsu. Os dois estavam num fim de semana na casa de Arthur em Brasília trocando desafios físicos dentro da piscina, quando Saulo decidiu afogar o então líder do Governo no Congresso. O faixa preta, 25 anos, 92 quilos e 1,75 m de altura afundou o deputado 20 vezes. Arthur, 56 anos, 88 quilos, 1,80 m e destreinado, livrou-se de três golpes. Foi a senha para aflorar o lado desportista que estava adormecido. “Comigo você não se cria, mas com os velhinhos do sênior acho que você ainda espanta”, disse Saulo, que na hora recebeu como resposta apenas um sorriso. “Foi ali que me empolguei”, conta hoje o ministro Arthur Virgílio.

Com os alunos da academia onde treina, em Brasília: “Sou conciliador mas também gosto de competir. Ninguém mexe comigo”, diz

Na segunda feira daquela semana, Virgílio tirou o quimono do armário e desde então treina pelo menos quatro vezes por semana. Já perdeu dez quilos e está animadíssimo com a forma física. “Me sinto cheio de vigor, como quando era jovem”, diz ele, pai de Juliano e Carolina, de 11 e 6 anos, filhos que teve com Maria Goreth, sua segunda mulher. Conciliar os treinos com a carga de trabalho é a parte mais complicada. Geralmente sai do Palácio direto para a academia. Como ele é sempre o último a despachar com o presidente, costuma chegar para a série de musculação às onze da noite, e depois volta correndo para casa. Outras vezes acorda às cinco da manhã e se dedica aos golpes até a hora do trabalho. Quando está em Manaus faz o mesmo, mas ainda reserva a hora do almoço para mais treinos.

próxima >>

Comente esta matéria
 



Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Após perder o comando das manhãs globais em que emissora você acha que Angélica deve trabalhar?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O ex-jogador Sócrates defende que o futebol seja jogado com 9 e não com 11 jogadores de cada lado. Para ele isso exige mais criatividade nas jogadas e melhora o jogo. O que você pensa disso?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1996/2001 Editora Três