Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 122
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 


Mais discreto do que nos anos 70, quando foi
tendência nos vestidos de festa, o babado ressurge
com novo caimento e aparece à luz do dia

por Luciana Franca
Fotos: Silvana Garzaro, Carol Feichas, AP, Jayme de Carvalho JR.

[ Clique nos ícones para ver as fotos ]


Foto 1

 

Foto 2

 

Foto 3

Festejado nos anos 70, o babado está de volta para romantizar o século 21. O acabamento, que teve origem na alta-costura, ressurge três décadas depois mais discreto e menos rebuscado. Agora também ganha espaço no dia-a-dia. “Esta blusa, por exemplo, é uma releitura do babado, com um tecido que dá fluidez, traz pontas e aberturas. Dá um outro movimento”, diz Zelana Davidsohn, proprietária e estilista da Viva Vida, referindo-se à blusa usada por Patrícia Pillar, garota-propaganda da grife (foto).A sutileza do babado atual também o remete ao vestuário dos anos 20. Época totalmente diferente da glamourosa década de 70, quando o exagero era tendência. No desfile da coleção primavera/verão 2002 da grife italiana Valentino, o acabamento ganha maior dimensão em saias e calças e aparece como detalhe nas mangas das camisas. Já nas araras da Viva Vida, o babado dá movimento a blusas e vestidos de georgete de seda pura, liso e estampado, para ocasiões informais. “Considero o tecido ideal para esse tipo de movimento e seu caimento não deixa o menor rebuscamento”, completa Zelana.


Foto 4

 

Foto 5

 

Foto 6

 




Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Após perder o comando das manhãs globais em que emissora você acha que Angélica deve trabalhar?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O ex-jogador Sócrates defende que o futebol seja jogado com 9 e não com 11 jogadores de cada lado. Para ele isso exige mais criatividade nas jogadas e melhora o jogo. O que você pensa disso?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1996/2001 Editora Três