Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 122
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

TRAGICOMÉDIA

03/12/2001

Mater Dei
Irmãos Mainardi tentam criticar a corrupção no Brasil

Mariane Morisawa

Mater Dei, dirigido por Vinícius Mainardi e escrito por seu irmão, Diogo, pretende ser uma crítica ao Brasil e sua corrupção. No filme, à semelhança da vida real, dois irmãos, Vini (Gabriel Braga Nunes) e Diogo (Dan Filip), procuram financiamento para uma produção. Acabam topando com um juiz (Luiz Baccelli) e um empreiteiro (Celso Frateschi) corruptos, envolvidos numa guerra em que o filho do construtor será entregue ao inimigo para um massacre. Só que a mãe da criança, Maria (Carolina Ferraz), descobre tudo e foge.

Sobram cenas que supostamente deveriam ser engraçadas, como a de Maria – sim, é uma referência à mãe de Jesus – e Vini conversando sobre cinema, como se tomassem caipirinha na praia, enquanto ela está presa. As atuações são fraquinhas, com Carolina Ferraz sempre no mesmo tom, esteja sua personagem alegre ou desesperada. Até o sempre bom Celso Frateschi está perdido. Para completar, há uma profusão de frases óbvias como “ninguém presta neste país”.

Os Mainardi não concordam com as leis de incentivo e usaram dinheiro próprio e de seus co-produtores, entre eles João Paulo Diniz e Carolina Ferraz. Cada um gasta no que quer. Ficou só na pretensão





Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Após perder o comando das manhãs globais em que emissora você acha que Angélica deve trabalhar?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O ex-jogador Sócrates defende que o futebol seja jogado com 9 e não com 11 jogadores de cada lado. Para ele isso exige mais criatividade nas jogadas e melhora o jogo. O que você pensa disso?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1996/2001 Editora Três