Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 119
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

12/11/2001

POLÊMICA

Casa da discórdia - CONTINUAÇÃO

César Rodrigues/Folha Imagem
Artistas em cena na casa: descontração

Antes de pensar em futuros programas, porém, a emissora da família Marinho quer resolver seu problema mais imediato. “Foi um soco no estômago”, resume um diretor da Globo. “A surpresa é menor em relação ao Ibope e mais pelo roubo do formato.” Daí a virulência das notas oficiais divulgadas a mando do vice-presidente Roberto Irineu Marinho. A audácia do dono do SBT foi discutida na reunião mensal entre a diretora-geral, Marluce Dias da Silva, e os diretores de núcleo, na segunda-feira 5. Marluce não disfarçava a incredulidade. No SBT, porém, não falta quem defenda Silvio Santos. “Se formos pensar assim, a caneca de Jô Soares também é uma imitação do David Letterman na tevê americana”, afirma o apresentador Hermano Henning.

No domingo 11, o Fantástico irá ao ar mais fortalecido. Mas não é só a audiência que preocupa a emissora. As grandes indagações são: “Será que a fórmula não estará gasta quando a versão da Globo for ao ar em março de 2002? Como o mercado publicitário vai reagir diante de um produto que já é conhecido do público?”. O prejuízo financeiro causado à atração, que já estava em fase de produção e com os primeiros patrocinadores sendo contactados, ainda não foi calculado.

Embalado pelos bons índices no Ibope, Silvio Santos conduziu sem intervalos o programa que eliminou a modelo Alessandra Iscattena no domingo 4. No dia seguinte, porém, a atração teve duas baixas: Alexandre Frota e Leandro Lehart abandonaram a casa onde os “famosos” estão confinados. Frota entregou alguns detalhes: os participantes estão recebendo cachês entre R$ 30 mil e R$ 120 mil, têm assistência médica e psicológica 24h por dia e a comunicação com a produção acontece por alto-falantes. Silvio anda todo sorrisos e espera que o processo contra o Casa dos Artistas tenha um desfecho diferente das ações por plágio contra as Olimpíadas do SBT e Pequenos Brilhantes. Nos dois episódios, a Globo saiu vencedora.

Taiguara se diverte provocando a
modelo e atriz Nana Gouvêa:
“Já vi você pelada na revista. Me acabei!”
Em momento papo cabeça, Núbia
dá sua versão para um pecado capital:
“O pior é a luxúria. Ninguém
precisa ter dez carros, sendo que
vivemos em um país de classes
sociais tão diferentes”
   
Mastronelli conspira com os rapazes: “A Alessandra Iscattena tem que sair. As fracas a gente domina. Eu ganho a Nana de outro jeito: seduzindo. Ela cai na minha” “É bom aproveitar, porque depois
da barba eu vou embora”
, diz Supla
momentos antes de anunciar que
sairia da casa (mais tarde, ele recuou)

<< anterior | próxima>>

Leia mais:

Atores, modelos e cantores disputam R$ 300 mil de
prêmio na Casa dos Artistas

Alexandre Frota: “Fiquei p. com o Silvio”

Comente esta matéria
 



Altar Vitual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Você votaria
numa mulher para
a Presidência?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
Casa dos Artistas, do SBT, estreou de surpresa e desbancou o Fantástico. Mas está sendo processado pela Globo que alega que o programa é um plágio. O que você acha da polêmica? Dê sua opinião.
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1996/2001 Editora Três