Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 103
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 AGITO
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA
 

 

23/07/2001

SUCESSO

MÔNICA CARVALHO
Corpo em evidência
A atriz vive personagem sensual em Porto dos Milagres,
posa nua por dinheiro, mas sempre teve vergonha de trocar de roupa na frente do irmão

Vivianne Cohen

André Durão
"Sou mais discreta. O homem é que tem de tomar atitude" - Mônica Carvalho

Ela protagoniza um strip-tease quase completo cada vez que aparece em cena na novela Porto dos Milagres. Na frente de dezenas de homens no estúdio de gravação, veste o figurino básico de Socorrinho, sua personagem: calcinha e sutiã. O desembaraço com o corpo não acontece só nessa hora. Anualmente, rebola cheia de graça numa fantasia sumária à frente da bateria da Grande Rio, no Carnaval carioca. E este mês ilustra as páginas de uma revista masculina pela segunda vez, onde mostra tudo.

Exibir o corpo não é problema para Mônica Carvalho, 30 anos, 86 cm de busto, 67 cm de cintura e 89 cm de quadril. Difícil para a atriz sempre foi ficar nua na frente do irmão, o comerciante Sérgio Carvalho, 31 anos. “Acho normal essa timidez, tivemos uma educação muito rígida”, diz ele, ressaltando que posar para revista é diferente porque é profissional. Mônica também morre de vergonha de dormir sem roupa. “Só durmo de camisola”, conta. E ruboriza quando é alvo de olhares insistentes. “Fico totalmente sem graça quando me elogiam.”

Mônica, porém, não tem o menor pudor em admitir que o motivo pelo qual posou nua foi dinheiro. Ela vinha sendo convidada há dois anos, mas aguardava a hora certa para negociar melhor o seu cachê. O momento chegou. A atriz comemora dez anos de carreira e interpreta uma personagem que mexe com a imaginação dos homens. Diferentemente de nove anos atrás, quando ainda era pouco conhecida do público. “A primeira fiz para ficar famosa”, diz ela, ao jurar que é a última vez que fica nua nas páginas da revista. A decisão de aceitar a proposta foi comunicada apenas aos pais, o aposentado Sérgio Carvalho, 57 anos, e a dona de casa Maria, 51. Ouviu do pai um conselho: “Prepare bem a sua cama, pois é nela que você vai deitar”. A atriz não se intimidou. “Sou muito decidida. Só comento o que vou fazer à minha família”, afirma Kika, apelido de Mônica.

Com o namorado, o empresário Armindo Júnior, sete anos mais novo que Mônica, também não houve conversa. “Ele conhece a minha profissão e me admira”, diz ela. Quando o assunto é homem, aliás, a atriz fica inibida. Garante que o máximo que faz é trocar olhares com o objeto do desejo. “Sou mais discreta. O homem é que tem de tomar atitude”, afirma. Mas confessa que, quando se apaixona, tudo muda de figura. É capaz de encher o escritório do amado de flores ou pegar um avião depois de uma cansativa jornada de trabalho só para passar a noite com ele. “Sou uma romântica brega mesmo”, assume.

Diferente do que pensa o público masculino ao vê-la arrancando a roupa no horário nobre, Mônica vê defeitos em seu corpo. Chega a ter vergonha do bumbum, pois acha seu atributo grande demais. Também reclama das espinhas que surgem de vez em quando em sua testa. “Tive uma adolescência retardada”, brinca. Ela nem cogita passar o dia à base de folhinhas de alface para manter os 53 quilos em 1,66 metro de altura. “Adoro comer”, diz. Não resiste à feijoada, churrasco e a um bom vinho. Pegar pesado na malhação? “Só para gastar as energias.” Aí utiliza os serviços de um personal trainer duas vezes por semana e faz aula de tai-bo-ae, uma mistura de aeróbica e boxe. As insatisfações são resolvidas no analista. Desde janeiro, uma vez por semana, ela deita no divã para aliviar a ansiedade. Também recorre à meditação. Ao despertar, medita durante 20 minutos e repete o exercício ao final da tarde. Cuidar da mente é a receita de Mônica para se achar bonita – tarefa fácil quando a genética ajuda.

MONTAGEM: Margareth Dantas / PRODUTOR: Eduardo Roly

Comente esta matéria
 
PAR PERFEITO
I-CHING
RUNAS
VIDENTE
NUMEROLOGIA
TARÔ ONLINE
HORÓSCOPO
 
ENQUETE
O juiz Siro Darlan proibiu o desfile de modelos menores de idade que não estudam. O que você pensa da proibição?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
A apresentadora Angélica afirma que a análise a ajudou no seu amadurecimento. Você pensa que as celebridades estão mais sujeitas a crises e por isso recorrem ao divã, ou todo mundo deveria tentar a experiência?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três