Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 101
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 AGITO
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 SPFASHIONWEEK
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA
 

 

09/07/2001

POLÊMICA

ANDRÉ GONÇALVES
Fúria no vôo 8864 - CONTINUAÇÃO

André Cypriano/Fotosite

“O André é uma pessoa equilibrada, supertranqüilo, nunca o vi brigar com ninguém”, diz Myriam, que foi informada por um amigo do ator sobre o ocorrido. “Quando os ânimos se acirravam nas gravações de Era uma Vez, ele era o primeiro a tentar apaziguar, até levava água com açúcar para os colegas.” Seu advogado, Sylvio Costa, recorda-se de outro episódio: “André é flamenguista e me lembro, numa ocasião, de que foi provocado ao extremo pelos vascaínos depois de uma derrota do Flamengo. Ele ouviu todas as gozações com bom humor e não reagiu a nada”, diz Costa.

Marcelo Gonçalves, irmão de André, critica o fato de ele ter sido amarrado. “André não é nenhum criminoso, fizeram uma covardia”, diz ele. Segundo Marcelo, em viagens longas André costumava ingerir paciflorine, um tranqüilizante natural, por ter medo de avião. Marcelo não sabe qual calmante ele tomou desta vez. “Há preconceito contra o André porque ele veio da favela. Meu irmão é uma pessoa generosa, que ajuda toda a família”, afirma ele. Horas depois da alta no hospital, André embarcou para Nova York, onde deve ficar no mínimo duas semanas, e disse a Marcelo que se lembra muito pouco do acontecido.

André Cypriano/Fotosite
No avião, André tomou duas injeções de tranqüilizantes

Para os passageiros, porém, as cenas estão gravadas na memória. Desde o início do vôo, André mostrava-se alterado. “Ele estava nitidamente bêbado e descontrolado”, diz o fotógrafo documentarista André Cypriano, que mora em Nova York e registrou imagens do ataque de fúria do ator com uma pequena câmera digital. “Ele já entrou falando alto, mas ainda era gentil com as pessoas.” Com um copo de vinho tinto na mão, André circulava pela aeronave. Às vezes, gritava: “Este avião está balançando muito, ele vai cair antes de chegar a Nova York”. Cininha, além de procurar acalmá-lo, tentou retirar o copo da mão do ator algumas vezes, sem sucesso. “Não tem problema, é só mais um”, rebatia o ator. Numa das andanças pelo avião, André trouxe Pelé até a classe econômica. Ao lado do atleta, de pé no corredor, pedia salvas de palmas para o rei do futebol, que com um sorriso amarelo agradecia aos constrangidos aplausos dos passageiros.

André Cypriano/Fotosite

Pelé tentou acalmar o ator. Enquanto o rei conversava com ele, André sentou-se e surpreendeu-o com abraços e beijos. “Pelé me disse que ele tentou, inclusive, beijá-lo na boca”, conta Cypriano. O rei voltou para a primeira classe. Na econômica, a história prosseguiu. André continuava agitado e Cininha tentava, em vão, segurá-lo. O ator escapuliu mais uma vez para a primeira classe, de onde foi retirado por dois comissários que o colocaram de volta no assento. Trouxeram-lhe água, mas ele pedia vinho. “Aí ele se tornou violento. Xingava, empurrava todo mundo, dava cabeçadas, parecia possuído pelo demônio”, recorda Cypriano. Os comissários retrucavam: “Você é um pai de família, não pode fazer essas coisas”.

<< anterior | próxima >>

Comente esta matéria
 
PAR PERFEITO
I-CHING
RUNAS
VIDENTE
NUMEROLOGIA
TARÔ ONLINE
HORÓSCOPO
 
ENQUETE
Você acha que o Brasil finalmente conquistou seu espaço no cenário da moda mundial, com desfiles como o SPFashionWeek?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
A seleção de vôlei acaba de ganhar a Liga Mundial, liderada pelo técnico Bernardinho. A seleção de futebol está nas mãos de Felipão. Você acha que hoje os técnicos brilham mais do que os esportistas?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três