CANAIS
 COMPORTAMENTO
 POLÍTICA
 JORNALISMO
 LITERATURA
 MODA
 NEGÓCIOS
 AVENTURA
 TELEVISÃO
 CINEMA
 TEATRO
 MÚSICA
 DANÇA
 ARTES PLÁSTICAS
 ESPORTE
 RELIGIÃO
 EDUCAÇÃO
 CIÊNCIAS
 
 CAPA DA GENTE

Maria Clara
Machado

A mestra do teatro infantil

(1921)

A segunda de cinco irmãs, todas Marias, a teatróloga Maria Clara Machado cresceu em uma ampla casa do bairro de Ipanema, no Rio, em meio a figuras como Pagu, Oswald de Andrade e Di Cavalcanti, amigos de seu pai, o escritor Aníbal Machado. Maria Clara sempre viveu contradições familiares. “Meu pai era comunista, mas éramos educadas em colégio de freiras.” Aos 19 anos, decidiu morar em Paris. Voltou de lá apaixonada pelo teatro, com várias idéias de textos na cabeça. Logo montou, com mais dez amigos, o Tablado, companhia que revolucionou o teatro infantil e formou dezenas de atores e atrizes. Autora de 23 peças infantis, entre elas textos traduzidos para dez línguas, até hoje montados em vários países, como Pluft, o Fantasminha e A Menina e o Vento, Maria Clara é comparada internacionalmente a nomes como Hans Christian Andersen e Mark Twain. O escritor Manoel Bandeira, em 1960, chegou às lágrimas em uma montagem de O Cavalinho Azul. Aos 78 anos, ela ainda é mestra do Tablado e se emociona com as crianças que vibram com suas peças.

 
© Copyright 1996/2000 Editora Três