CANAIS
 COMPORTAMENTO
 POLÍTICA
 JORNALISMO
 LITERATURA
 MODA
 NEGÓCIOS
 AVENTURA
 TELEVISÃO
 CINEMA
 TEATRO
 MÚSICA
 DANÇA
 ARTES PLÁSTICAS
 ESPORTE
 RELIGIÃO
 EDUCAÇÃO
 CIÊNCIAS
 
 CAPA DA GENTE
São muitas, e incontáveis, as mulheres que marcaram o século XX. Não houve outros cem anos na história que significaram tanto para o sexo feminino. Anônimas ou famosas, elas lutaram e conquistaram feitos que hoje parecem naturais, inquestionáveis, mas que eram verdadeiros tabus. Do direito ao voto à entrada no mercado de trabalho, do uso de roupas confortáveis à exigência do prazer sexual, tudo foi batalhado palmo a palmo. O escritor italiano Norberto Bobbio costumava dizer que não existiu revolução maior neste século do que a conduzida pelas mulheres. É verdade. E fazer esta edição especial teve, também, ares de batalha. Primeiro, porque foram dois meses de reportagens, pesquisas e buscas conduzidas por uma equipe de quatro mulheres. Depois, porque a escolha de 100 nomes foi um desafio. Como selecionar apenas 100 pessoas num período tão rico para a história da humanidade? Fosse o espaço disponível maior, poderiam caber outras 100, 200, 1.000 mulheres – ou quantas outras mais se revelassem em meio ao garimpo de nomes.






A difícil missão de escolher Nomes

Para chegar à lista final foram entrevistados formadores e formadoras de opinião de diversas áreas. E o resultado aí está: 56 brasileiras e 44 de outras nacionalidades, entre atrizes, atletas, cientistas, feministas, executivas, cantoras, freiras, camponesas, governantes e primeiras-damas. Nas histórias de cada uma está um pouco do que bilhões de outras viveram nos últimos 100 anos. Algumas serviram de inspiração para os poetas, outras causaram escândalo ao subverter costumes e criar novos comportamentos, muitas marcaram-se pela inteligência e espírito de liderança, e uma grande parte fez tudo isso sem, contudo, abdicar de seus papéis de esposas, mães, donas de casa e educadoras. Nessa festiva e importante edição, quando o Brasil comemora 500 anos e o mundo todo ensaia novos passos, gigantescos desafios pairam sobre a humanidade. Espera-se que a força e o brilho dessas mulheres sirvam de exemplo para apontar novos caminhos que levem a transformar o planeta num lugar mais justo e feliz para se viver. Afinal, esse é o maior anseio da alma feminina.
Chantal Brissac
© Copyright 1996/2000 Editora Três