06 de outubro de 1999
Escolha sua capa
Home
Home
Semana
Diversão e Arte
Outras Edições
Fale Conosco
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Busca

Leia também:

Televisão

Ponto G - Puro Êxtase
Novo superintendente da Rede Record
Conversa Afiada


Cinema

Perdidos em Nova York
Festival Internacional de Making Of
O Paizão
A Bruxa de Blair


Teatro

Decadência


Música

...Pense Minha Cor...
Luiz Melodia - Acústico ao Vivo
MPB no contra-ataque

Comadre Florzinha


Livros

T de Toulouse-Lautrec “I” de inventivo, “o” de original, “d” de delicioso.
Mozart
Modelo para Morrer


Internet

Jesus Cristo
Hollywood


Exposição

Não Faço Nada sem Alegria: A Biblioteca Indisciplinada de Guita e José Mindlin


Televisão

Nas mãos do pastor

Um pastor, Marcus Aragão, 37 anos de idade e quatro de emissora, é o novo superintendente da Rede Record. Ele tem pela frente a difícil tarefa de substituir o demissionário José Paulo Vallone, que nos 11 meses em que ficou no cargo triplicou a audiência e dobrou o faturamento da empresa.

Com a saída do Vallone, mudam os planos da emissora?
A Record é uma emissora com conceito e metas bem definidos e vai continuar com eles. Não muda nada.

Você está no cargo temporariamente?
Pela minha popularidade, eu já fui eleito. Eu já estava aqui quando a maioria dos profissionais da casa chegou. Tenho bom relacionamento com todos.

Por que o Vallone saiu?
Ele não chegou a um acerto financeiro com a casa.

Qual o carro-chefe da programação?
Eu gosto muito de jornalismo e costumo dizer que a Record é a imagem do jornalismo. Nessa linha, a prioridade é o esporte e já estamos trabalhando em eventos para o ano que vem.

Como está o núcleo de teledramaturgia?
Ainda cabe um segundo horário de novela, mas só no ano que vem.

O contrato com a produtora independente do Vallone continua?
Continua, tanto que eu já estou discutindo com ele, através da JPO, a próxima novela.

A emissora vai investir mais em programação ao vivo?
A Record já é a maior emissora de exposição ao vivo do mundo, com 20 horas, em média, ao dia. É impressionante.

Você vai seguir a filosofia do Vallone de contratar gente a peso de ouro?
Quando o Vallone estava à frente e pensava em alguma coisa, eu logo concordava. Era um voto que ele já tinha.

Quais são os planos para a programação de fim de ano?
Já temos um pacote internacional bom de shows e estamos definindo os especiais de fim de ano com Eliana, Fábio Jr. e Maurício Mattar.

 

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home