23 de setembro de 1999
Escolha sua capa
Home
Semana
Diversão e Arte
Outras Edições
Fale Conosco
Assine
Busca

Leia também:

Televisão

Videokê
Jornal São Paulo 2.ª Edição
Mundo das novelas


Cinema

Festival do Rio: nasce um megaevento
Terra de Paixões
A Viagem


Música

Blues não tem idade
Cheiro de Amor - Cheiro de Festa
A Pedra Filosofal
500 anos de estrada
Zezé di Camargo & Luciano


Teatro

Alma de Todos os Tempos
Bispo Jesus do Rosário

Capital do teatro


Livros

Capitães do Brasil
Atletas do Brasil


Internet

Cultura On Line
Arthur Omar

 


Foco

500 anos de estrada
Meninos Cantores de Viena apresentam no Brasil o repertório que há cinco séculos encanta platéias do mundo inteiro

Foto: Divulgação

Há cinco séculos, os Meninos Cantores de Viena encantam platéias de todo o mundo cantando música sacra, oratórios, valsas, operetas e músicas folclóricas. O talento do tradicional coro infantil - que já gravou e se apresentou sob a direção de grandes regentes, como Zubin Mehta, Leonard Bernstein e Bruno Walter -, poderá ser apreciado a partir desta semana pelo público de oito cidades brasileiras.

Envie esta página para um amigoNo repertório - que se divide entre música vienense e música “de todos os povos” -, destacam-se os compositores Antonio Caldara e Joseph e Michael Haydn, antigos professores do grupo, fundado em 1498 pelo imperador Maximiliano I. O grupo foi criado com o intuito de cantar músicas sacras para os governantes austríacos na Capela Imperial e teve mestres e compositores do porte de Wolfgang Amadeus Mozart e de Christoph Willibald Gluck (fundador da ópera moderna).
Entre os talentos revelados ao longo da história do coro, há ninguém menos que o compositor Franz Schubert, que estudou e cantou na Capela Imperial entre 1808 e 1813 e teve seu talento reconhecido pelo então professor do grupo, o compositor Antonio Salieri. (P.A.)